• Flavia Andrade

André Abujamra lança seu novo projeto: Emidoinã - Alma de Fogo


(Foto: Divulgação)

Depois de Omindá, dedicado às águas, Abujamra agora se dedica ao fogo


André Abujamra é um artista de muitos talentos. Cantor, músico, compositor, maestro, ator, diretor e sempre movido por ideias que façam a conexão de várias linguagens. Seu grande projeto é o lançamento de cinco álbuns, onde cada um dialoga com um elemento da natureza: Água, Fogo, Ar, Terra e o Quinto Elemento.

O primeiro surgiu em 2018, quando lançou Omindá - a união das almas do mundo pelas águas. Um projeto que demorou muitos anos para ser feito, onde percorreu mais de 13 países gravando e filmando a participação de convidados especiais.

Em 2020, o ano em que a Terra parou e a vida entrou em processo de transformação, André fez Emidoinã Alma de Fogo, sobre o poder de destruição do fogo que não pode matar o que não morre. O fogo que destrói, mas não pode matar o amor. E sobre esse tema, André criou um concerto musical onde conta uma história de amor usando simbologias com deuses egípcios, driádas, personagens mitológicos e seres imaginários.

O fogo que tudo transforma, que gera destruição e ao mesmo tempo renova a vida. É um paralelo com a era de Kali nos tempos atuais, onde o mal tenta progredir, mas não consegue vencer o amor.

O que inicialmente seria somente um álbum com um show, nesses novos tempos pandêmicos se transformou num projeto audiovisual e esta é a trilha sonora desse filme. Para essa viagem mitológica, André contou com a colaboração de amigos cantores, músicos e atores: Antonio Capelo, BNegão, Camila Pitanga (só álbum), Chico César, Criolo, Fernanda Takai (só filme), Giuliana Maria, Julia Lemmertz (só álbum) , Marisa Brito, Pedro Luiz, Rita Ollé, Russo Passapusso, Zélia Duncan (só filme) e Rodrigo Santoro como convidado especial. A criação e supervisão de Emidoinã é de André Abujamra, as imagens do projeto são produzidas pelo estúdio Open The Door, com a direção artística de Luciano Lagares. A produção musical e mixagem é de Sérgio Soffiatti, o mesmo produtor dos álbuns anteriores (Omindá e Mafáro). A produção executiva de todo projeto é de Aguinaldo Rocca.

Emidoinã estará disponível a partir de 11 de dezembro no Spotify e demais plataformas digitais de música, com distribuição da Tratore.

2 visualizações0 comentário