• Flavia Andrade

Após concorrer as eleições 2018 o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira deixa o PDT


Em carta encaminhada ao Diretório Estadual, Odilon agradece o empenho do partido nas eleições 2018. (Foto: Divulgação/PDTMS)

No início de julho, o ex-candidato ao Governo do Estado, o juiz aposentado, Odilon de Oliveira, solicitou a sua desfiliação e agradeceu o empenho do partido durante as eleições 2018.


Em um documento encaminhado ao presidente do Diretório Estadual do Partido Democrático Trabalhista (PDT-MS), Odilon de Oliveira diz,


“ Senhor Presidente,


Tenho a honra de me dirigir à presença de Vossa Excelência para solicitar, em caráter irreversível, minha desfiliação do PDT, a partir desta data.


Faço uso do momento também para, com extensão a todos os integrantes dos diretórios, estadual e municipais, filiados e colaboradores, agradecer o PDT pelos esforços empenhados na campanha eleitoral 2018, para governador, com a obtenção de 47,56% dos votos válidos em segundo turno.


Do mesmo modo, externo o desejo de que o PDT prossiga com o seu projeto político na defesa das causas sociais e dos interesses do Brasil.”


Nas eleições 2018, Odilon de Oliveira obteve 616.422 ou seja 47,65% dos votos válidos.

Assim como o pai, o vereador Odilon de Oliveira Júnior, também tem interesse em mudança partidária, uma vez que, já renunciou a liderança do partido na Câmara Municipal, e espera a janela para deixar o partido.

1 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade