• Flavia Andrade

Apoie o Local: Plataforma gratuita de conexão entre profissionais e potenciais clientes


(Foto: Divulgação)

Conectar as pessoas. Essa é a ideia que deu vida ao Apoie o Local, projeto de coletivo que reúne empresas com um objetivo em comum, manter a roda girando para que todos sigam ganhando. Levantada em poucas semanas, a ação 100% pro bono encabeçada por empresários, artistas, programadores, designers, especialistas em tecnologia, comunicadores e empresas financeiras, resultou em um portal online com foco em cadastrar micro e pequenos empreendedores que, neste momento de desafio diante a pandemia mundial, podem colocar seus serviços à disposição de quem precisa e garantir sua renda mensal.


Para fazer parte da ação, os prestadores de serviços devem se cadastrar gratuitamente pelo site www.apoieolocal.com.br e fazer parte da lista de profissionais que, a partir de 21 de abril, estará aberta para que os potenciais clientes consultem e entrem em contato para contratar os serviços de interesse. “Entendemos o Apoie o Local como uma ação inovadora na forma de fazer negócios, a medida em que unimos de forma simples as pontas entre o profissional empreendedor e o cliente, para que se conectem e realizem suas transações em um ambiente seguro”, explica Christiano Ranoya, idealizador do projeto. Em uma semana, a plataforma já contabilizou 800 cadastros de empreendedores como costureiras, manicures, psicólogos, dentistas, eletricistas e comércios, de diferentes partes do país. 


Aberto para todos os perfis de profissionais, o incentivo está direcionado à compra do pequeno negócio local (do bairro, rua, região) e na contratação de empreendedores individuais. Uma vez que o serviço foi encontrado, cliente e prestador acertam detalhes como preço e entrega e fazem o pagamento via WhatsApp - seja por meio de vouchers para serem utilizados em um segundo momento, ou pela realização imediata do serviço - e a operação de compra se concretiza com segurança pela plataforma. “O projeto nasceu de uma necessidade real que estamos vivendo. Há profissionais que estão em casa sem trabalho e sem renda, por isso queremos contribuir para despertar nos potenciais consumidores a possibilidade de se contratar os serviços do dia a dia dos micro e pequenos empreendedoras que estão próximos às suas casas”, completa Carol Guedes, Gestora de Mudança de Cultura e apoiadora do projeto.


O Apoie o Local não tem data para acabar, seguirá colaborando para que este grupo de micro e pequenos empresários se mantenham fortes, organizados e beneficiados pelas práticas que a tecnologia pode atribuir. A ideia é que essa rede de conexões cresça diariamente e chegue cada vez à mais pessoas.


Acesse:


www.apoieolocal.com.br

Instagram @apoieolocal_


(** Com informações da Assessoria)

3 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade