• Flavia Andrade

Aquisição de parte da Embraer pela Boeing é aprovada pelo Cade


(Foto: Antônio Milena/ABR)

Nesta segunda-feira (27), o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições, a operação de fusão envolvendo a Boeing e a Embraer. Conforme a autarquia, as empresas não atuam nos mesmos mercados, e não há risco de problemas concorrenciais decorrentes da aquisição.


Duas transações foram previstas pelo Cade, sendo uma delas a aquisição pela Boeing de 80% do capital do negócio de aviação comercial da Embraer, que engloba a produção de aeronaves regionais e comerciais de grande porte (operação comercial). Já a segunda destaca a criação de uma joint venture entre a Boeing e a Embraer voltada para a produção da aeronave de transporte militar KC-390, com participações de 49% e 51%, respectivamente.

Os acionistas da fabricante brasileira aprovaram com 96,8% a parceria entre a Embraer e a Boeing. Na época, a Embraer informou que a transação avalia 100% das operações de aeronaves comerciais da empresa em US$ 5,26 bilhões e contempla um valor de US$ 4,2 bilhões pela participação de 80% da Boeing na joint venture.

6 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade