• Flavia Andrade

Assentamento Itamarati em Ponta Porã irá receber duas emendas de senadora


(Foto: Divulgação)

Em reunião com representantes da Cooperai (Cooperativa dos Produtores do Assentamento Itamarati), localizada no município de Ponta Porã (MS), a senadora Soraya Thronicke (PSL/MS) anunciou a destinação de duas emendas parlamentares individuais para a comunidade rural no valor total de R$ 215 mil. Serão R$ 165 mil para a aquisição de um trator agrícola com concha e os outros R$ 50 mil para revitalização e manutenção da “Casa do Mel”. “Ao longo do meu mandato, tenho buscado contribuir com agricultura familiar do Estado para que os assentados tenham melhores condições de ampliar a renda mensal. Acredito que, com essas duas emendas, os associados à Cooperai possam aumentar a produção”, declarou.


Segundo o presidente da Cooperai, Márcio Azarias David, com essas duas emendas, será possível otimizar, ainda mais, o trabalho dos cooperados, colaborando para o progresso do distrito Nova Itamarati, onde está localizado o assentamento. “A senadora está dando o suporte necessário para o desenvolvimento das atividades agrícolas e preparo do solo pelos produtores rurais, contribuindo para o fortalecimento da agricultura familiar, geração de renda e desenvolvimento ao município de Ponta Porã”, afirmou, agradecendo ao assessor da senadora, Rhiad Abdulahad, que intermediou a reunião.


Já o 1º secretário da Cooperai, Nelson dos Santos Pereira, lembrou que, com o recurso de R$ 50 mil, será possível reativar a “Casa do Mel”, que está fechada há 7 anos. “A Casa do Mel foi inaugurada em abril de 2010, mas, em 2014 fechou as portas, estando desativada até hoje. Agora, com essa emenda, vamos retomar as atividades com a expectativa de beneficiar seis toneladas de mel por safra. Nós só temos a agradecer à senadora Soraya Thronicke pela atenção especial que tem dado ao município de Ponta Porã, principalmente ao Assentamento Itamarati”, ressaltou.


Nelson Pereira acrescenta que a “Casa do Mel” foi construída pela Prefeitura de Ponta Porã para incentivar a apicultura entre os agricultores familiares do município. “O local tem todas as condições para beneficiar o produto dentro das normas higiênicas, garantindo a qualidade do mel levado ao consumidor. No início, a produção era oferecida para a merenda das escolas da Rede Municipal de Ensino. A construção impulsionou a produção de mel, proporcionando aos assentados, mais uma importante fonte de renda e é isso que queremos retomar”, finalizou.​

0 visualização0 comentário