• Flavia Andrade

Bolsonaro pede retratação de Emmanuel Macron para aceitar recursos do G7


Presidente do Brasil Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

Nesta terça-feira (27), o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro afirmou que o governo não abdicou dos 20 milhões de euros (cerca de R$ 91 milhões) anunciados pelo presidente da França, Emmanuel Macron. Durante a explicação, Bolsonaro declarou que o mandatário francês deve pedir desculpas a ele por tê-lo chamado de mentiroso e por sugerir a internacionalização da Amazônia, e, depois, ele decide se aceita ou não o aporte.


Segundo Jair Bolsonaro, “Primeiramente, o senhor macron deve retirar os insultos que fez à minha pessoa. Primeiramente, me chamou de mentiroso. Depois, as informações que tive, disse que nossa soberania está em aberto na Amazônia”, pontuou.


Ainda conforme o presidente, “Para conversar ou aceitar qualquer coisa da França, que seja das melhores intenções possíveis, ele vai ter que retirar essas palavras e daí a gente conversa”, alertou o presidente da República. “Primeiro ele retira os comentários sobre a internacionalização da Amazônia, depois ele oferece os recursos, depois eu respondo”, conclui.

2 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade