• Flavia Andrade

Câmara lança documentário sobre prevenção ao Câncer de Mama nas plataformas digitais


Nesta quinta-feira (31), a Câmara Municipal de Campo Grande lançou o documentário “Superação: A luta contra o câncer de mama”, que conta a história de luta de mulheres contra a doença, além de mostrar o caminho para a rede de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS), no município. Dando sequência a campanha sobre a importância dos exames preventivos para o diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo de útero.

O documentário tem o objetivo de disseminar a informação da importância da realização dos exames preventivos para o diagnóstico precoce do câncer de mama e o câncer de colo de útero para a redução da mortalidade por essas doenças. A campanha Outubro Rosa foi instituída em Campo Grande por meio da Lei n. 5.303/14, de autoria dos vereadores Carlão, Juliana Zorzo, Luiza Ribeiro e Carla Stephanini.


Realizado pela Procuradoria Especial da Mulher, composta pelas vereadoras Enfermeira Cida e Dharleng Campos, juntamente, com todos os vereadores da Casa de Leis buscaram difundir a informação, através do documentário, para todas as mulheres e para toda a sociedade sobre a importância da temática. Além disso, o prédio da Casa de Leis ficou iluminado de rosa durante todo o mês para simbolizar a luta contra os cânceres de mama e colo uterino, os tipos de cânceres que mais atingem as mulheres.


De acordo com a vereadora Enfermeira Cida, o câncer é uma das patologias que mais mata nesse País. “Sabemos que o câncer de mama é o segundo em maior evidência, porém, uma vez diagnosticado precocemente ele se faz 100% de cura”, afirma.


Para a vereadora Dharleng Campos a mulher precisa se cuidar. “Este documentário veio para mostrar o testemunho de mulheres que venceram e que lutam contra o câncer. E nós conseguimos fazer um mês de conscientização em relação a prevenção. A mulher precisa  se cuidar, ela só vai conseguir amar o próximo, se dedicar à sua família, à sua profissão, se primeiro ela se cuidar, e quanto mais rápido  conseguir detectar, quanto menor for o caroço, mais rápido e fácil será de se curar”, relata.


Segundo o vereador Delegado Wellington, “Em especial, parabenizo os testemunhos pelo exemplo de vida e forma que encararam essa doença, é uma caminhada dura, mas com o apoio a caminhada fica mais serena”, enfatiza.


Já o vereador Betinho destaca a prevenção como o melhor caminho. “Confesso que fiquei sensibilizado até porque recentemente perdi uma pessoa muito amiga que lutou bravamente contra essa doença, eu acompanhei a batalha dela. A prevenção é o melhor caminho, e esta Casa tem debatido amplamente este assunto aqui”, declara.


O vereador Junior Longo reforça a importância da prevenção, “A prevenção é o caminho, o autoexame, em todas áreas da saúde, se torna mais barato, mais eficaz, o resultado é muito mais positivo quando adotamos a prevenção”.


O vereador Fritz diz que, “Há 6 meses perdi uma tia em uma luta com quase 15 anos contra o câncer de mama, ela foi vencida. E, nós, da saúde pública precisamos destacar os desafios que nós temos para o diagnóstico precoce e para o tratamento. Essa luta não é só da sociedade, não é só do Poder Público, com certeza conseguiremos intervir nesse indicador”.


O vereador Dr. Wilson Sami ressaltou a importância do exame de mamografia, “Só resta salientar a importância da prevenção, porque se diagnosticado recente tem cura 100%. Lembrando que a mamografia detecta o câncer do tamanho de uma cabeça de agulha. Então, que as mulheres não tenham medo de se submeter a esse exame”.


Para o vereador Eduardo Romero, “Este material produzido, além de estimular as pessoas que estejam passando por essa dificuldade, a superá-la, e ao mesmo tempo estimula a prevenção e os cuidados consigo”, declara.


Por fim, o presidente da Casa de Leis, Prof. João Rocha afirmou que o objetivo fundamental do documentário é a promoção à saúde. “O fundamental e o mais importante é que nós todos estamos buscando transmitir com este documentário é a prevenção, a promoção à saúde e salvar vidas”, conclui.


Plataformas Digitais


O documentário que tem duração de 17 minutos produzido pela Câmara de Vereadores está disponível em todas as plataformas digitais da Casa de Leis: Instagram, Twitter, Facebook, LinkedIn, Site e Youtube.

2 visualizações0 comentário