• Flavia Andrade

Cabines de descanso da SleepBoll é solução para isolamentos e combate ao Coronavírus


(Foto: Divulgação)

No último semestre, a startup SleepBoll anunciou a necessidade de implantação de oitenta mil cabines para o descanso de motoristas em rodovias brasileiras nos próximos anos visando atender o mercado de logística de longa distância (e assim cumprir as demandas da Lei dos Caminhoneiros). A inovação, contudo, passou a ser considerada no último mês como uma barreira sanitária em potencial aos casos registrados de Coronavírus no mundo, como uma alternativa de isolamento aos pacientes ou até mesmo como uma contingência para os profissionais da saúde.


O CEO, Luciano Paixão, diz que os mini dormitórios, individuais, viabilizados pela startup SleepBoll foram criados com o propósito de salvar vidas: "inicialmente, pensamos apenas nas demandas de logística, pois era necessário mais que pontos de parada para atender o segmento. Enxergamos uma oportunidade de resolver um sério problema social instalando as cabines de descanso em postos de gasolina, pedágios e aeroportos. Neste momento, a demanda do nosso projeto cresceu. Passamos a ser uma solução que contém a proliferação do Coronavírus a partir das nossas cabines que isolam em hospitais as pessoas suspeitas de contaminação enquanto aguardam diagnóstico por médicos ou exames", explica.


A tecnologia do ozônio que acompanha as cabines, ainda, quebra as partículas de ar contaminadas pelo vírus e outras substâncias prejudiciais à saúde, garantindo a descontaminação de todo o ambiente. "Roupas e utensílios dentro das cabines também são desinfetados favorecendo o isolamento a desaceleração do contágio no ambiente urbano", comenta. As cabines de descanso da SleepBoll já vinham recebendo o aceite das entidades médicas bem antes da pandemia mundial do Coronavírus. "O atendimento médico e psicológico nas estradas, viabilizado por profissionais de medicina e da psicologia de tráfego na mesma estrutura, em convênio firmado com a Abramet (Associação Brasileira de Medicina do Tráfego) e a Abrapsit (Associação Brasileira de Pasicologia do Tráfego), já é uma realidade. Com isso atuamos de forma preventiva na saúde dos trabalhadores, reduzindo substancialmente o fator de fadiga e da saúde orgânica dos motoristas", completa Luciano Paixão. De uma solução para a saúde dos caminhoneiros (o Brasil é o quarto colocado no ranking de número de acidentes nas estradas), o sistema preventivo da SleepBoll passa a ser um potencial aliado ao controle da epidemia do Coronavírus no Brasil. "Se apenas no setor de logística prevíamos uma economia superior a trinta bilhões de reais por ano no custo direto do transporte e mais de cinco bilhões ao ano com valores inerentes à previdência social e SUS provocados pelos acidentes de trânsito em rodovias, nossa contribuição social se elevou exponencialmente neste momento", observa o CEO da SleepBoll. Com convênios firmados e previstos entre fabricantes, a entrega imediata de pedidos das cabines está garantida. O investimento para conter a epidemia do Coronavírus vem de iniciativa privada e de parcerias com a rede público de saúde, ao custo aproximado de R$ 25 mil cada. Segurança ao Brasil O objetivo central das cabines de descanso projetadas pela startup SleepBoll é a promoção da segurança e da saúde dos usuários. “Desenvolvemos um modelo de mini dormitório inédito no mundo em termos de economia compartilhada", diz Luciano Paixão. “Consideramos ainda o conforto: desenvolvemos inclusive um colchão inteligente com um fabricante que detém tecnologia exclusiva para o nosso projeto, com diferentes densidades, alocando a coluna cervical na melhor posição e com massageador eletrônico de quatro intensidades. Estudamos exatamente a necessidade de descanso dos profissionais que aguardam a anos por condições de trabalho, dignidade e respeito”, completa o CEO da SleepBoll.

Sobre a SleepBoll

A SleepBoll é uma startup com ecossistema  de economia e colaborativa que implementa cabines dormitórios visando salvar vidas. Inicialmente, formatada para abastecer os pontos de paradas de caminhoneiros e viajantes nas estradas. Isso porque nos últimos 20 anos foram 400 mil vidas perdidas nas estradas. No mesmo período. mais de duas milhões de pessoas ficaram incapacitadas em acidentes de trânsito. Hoje, as cabines da SleepBoll estão sendo oferecidas a empresas privadas e hospitais públicos engajados no combate à proliferação do Coronavírus, atuando como barreira sanitária aos casos de pessoas contagiadas. Para isso, inclui no sistema de segurança as tecnologias de ozônio visando combater a epidemia.

O idealizador do projeto, Luciano Paixão, é palestrante, empresário, pesquisador, inovador corporativo e CEO da SleepBoll. Tem 25 anos de experiência no mercado corporativo, focando em processos sustentáveis e no capitalismo de alianças por projetos de economia colaborativa.


(** Com informações da Assessoria)

2 visualizações0 comentário