• Flavia Andrade

Campo Grande recebe Trilha urbana pioneira na América Latina


(Foto: Divulgação)

Nesta sexta-feira (01), Campo Grande recebe a “Corrida do Fogo: Wildfire Run Brasil”, que encerra a 7ª Conferência Internacional sobre Incêndios Florestais (Wildfire), evento que proporciona a troca de conhecimentos entre profissionais de todo o mundo relacionados ao manejo do fogo e controle de incêndios em florestas. Organizada pelo Corpo de Bombeiros Militar (CBMMS) e com o apoio do Governo do Estado, através da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte). Com largada marcada para às 19 horas, no Parque dos Poderes, em frente ao Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo - Palácio Popular de Cultura.


Campo Grande é a Sede do seminário internacional, que acontece pela primeira vez na América Latina. O congresso começou na segunda-feira (28.10) e segue até a próxima segunda (4.11).


De acordo com o chefe da Unidade de Esporte de Participação e Lazer (Uepla) da Fundesporte, Rodrigo Barbosa de Miranda,“Os integrantes da rede mundial de combate a incêndios florestais têm o hábito da prática de atividade física. Sabendo disso, a ideia do Corpo de Bombeiros, em parceria com a Fundesporte, foi realizar a Wildfire Run para que os membros da Conferência voltem aos seus respectivos países, e até mesmo outros estados do Brasil, com uma lembrança boa de Mato Grosso do Sul, um Estado compromissado com a promoção de qualidade de vida e de atividades esportiva”, destaca.


A corrida terá o percurso noturno de 7,5 quilômetros em formato de trilha urbana. Os participantes percorrerão o Parque Estadual do Prosa, passarão pelo Centro de Reabilitação de Animais Silvestre (Cras), pelo Parque das Nações Indígenas e demais ruas do Parque dos Poderes. Confira abaixo o trajeto completo, com largada e chegada no mesmo local.

A expectativa é que cerca de 500 atletas de diversas nacionalidades, entre eles da Nova Zelândia, Chile, Austrália, Canadá, Estados Unidos e Paraguai, participem da competição. Os inscritos na prova radical recebem kit com camiseta, chip, número no peito e lanterna. A concentração começa às 18h30. Todos os atletas que cruzarem a linha de chegada, sem descumprir o regulamento, receberão medalha de participação.


Buscando promover a cooperação internacional e ajuda humanitária, consolidando a estratégia global para gerenciamento de incêndios e manejo do fogo, o evento também abre espaço para que empresas, instituições de pesquisa e especialistas exponham novas tecnologias, produtos e métodos para manejo do fogo e controle de incêndios florestais.


O evento aconteceu pela primeira vez em 1989. Desde então, a Conferência é realizada para estimular a troca de experiências e conhecimntos relacionados a incêndios florestais: políticas públicas, pesquisa, manejo do fogo, etc.


Também com o intuito de fortalecer as habilidades de cada nação para a redução de impactos dos incêndios florestais sobre a vida humana e o meio ambiente, além de discutir os benefícios ecológicos e ambientais do fogo em áreas dependentes ou tolerantes, e seu uso controlado para fins agrossilvipastoris.


*Com informações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte).

4 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade