• Flavia Andrade

Certus Software está entre as primeiras startups escolhidas para integrar a Pool Fintech


(Foto: Reprodução/Internet)

Próximo passo é a contratação de novos programadores para integrar a equipe, focando especialmente nos novos projetos relacionados ao banco digital


Com uma visibilidade cada vez maior no mercado, as fintechs chegaram para inovar e trazer soluções rápidas para empresas e consumidores finais. Levando isso em consideração, a Bossa Nova Investimentos anunciou investimento em duas startups do grupo no segmento de finanças através do Pool Fintech. Uma delas é a Certus Software, que aplica soluções tecnológicas para melhorar processos e diminuir o prejuízo de empresas.

Nesse primeiro momento, os aportes totalizam R$ 700 mil, mas o objetivo é que sejam investidos no total R$ 5 milhões em dez startups do setor. Para Fábio Ieger, CEO e fundador da Certus, esse investimento é importante para que a startup cumpra sua missão, que é reduzir a mortalidade das pequenas indústrias. “O plano é seguir com a criação de um banco digital para auxiliar empresários e disponibilizar crédito com menores juros. Junto com o aporte, a Bossa Nova permite o acesso a uma rede de mentores que fazem toda a diferença, isso é o grande diferencial deles, o Smart Money”, relata.

O Pool Fintech da Bossa Nova tem como idealizador o ex-CTO do banco Itaú, João Bezerra, que também é membro do conselho e mentor de startups. Além dele, estão envolvidos Jackson Gomes, ex-diretor do Banco Original, Priscila Debres, diretora na Lebes Financeira, Eduardo Mazon, diretor executivo no Banco BMG, Carlos Augusto de Oliveira, executivo do mercado financeiro, consultor de transformação digital, Rodolfo Froes, membro do conselho do Banco Fator, Rodolfo Fücher, presidente da Associação Brasileira de Software (ABES) e Marco Antunes, vice-presidente de sustentabilidade de negócios no Banco BMG.

Com um sistema que permite visualizar de forma clara todos os números de uma empresa, fica menos complicado mantê-la saudável financeiramente. Além disso, o software criado pela Certus também ajuda a controlar todos os processos em que a empresa está envolvida, desde a compra de matéria prima até a emissão de notas fiscais, junto com diversos serviços financeiros, como antecipação de recebíveis e empréstimos de capital de giro. O principal foco desta ferramenta são as pequenas industrias, principalmente dos setores metalmecânico, químico, cosmético, plástico, alimentício e importadores.

Segundo Fábio, esse foi um ponto importante para que esse investimento por parte da Bossa Nova ocorresse. “Estamos nos destacando por conseguir gerar valor real para os nossos clientes, afinal estamos num mercado que necessita de soluções inovadoras e disruptivas. Temos uma equipe muito competente que conhece essas dores das pequenas indústrias, os investidores entendem como algo positivo”, explica.

O CEO conta que o próximo passo é a contratação de novos programadores para integrar a equipe, focando especialmente nos novos projetos relacionados ao banco digital e a otimização dos produtos que a Certus oferece atualmente. “Estamos trabalhando para entregar um novo projeto ainda esse ano e há muitas novidades por aí. Quem for programador Ruby pode encaminhar um currículo para o nosso time. Temos vagas também para a área de vendas, suporte a cliente e marketing”, finaliza.

0 visualização0 comentário