• Flavia Andrade

Companhia aérea Azul faz proposta para comprar parte das operações da Avianca Brasil

Proposta preliminar de US$ 105 milhões incluiria o arrendamento de 30 aeronaves e direitos de pouso e decolagem da companhia em recuperação judicial.



Proposta preliminar de US$ 105 milhões incluiria o arrendamento de 30 aeronaves e direitos de pouso e decolagem da companhia em recuperação judicial. (Arquivo / Agência Brasil)

Nesta segunda-feira (11), a companhia aérea brasileira Azul informou que fez uma proposta para comprar parte das operações da Avianca Brasil por US$ 105 milhões (o equivalente a R$ 400 milhões).


O objetivo é adquirir a Unidade Produtiva Isolada (UPI), que seria criada a partir do desmembramento da Avianca em duas partes. A UPI está prevista no plano de recuperação judicial da companhia.


A quarta maior companhia aérea do país, a Avianca está em recuperação judicial desde dezembro de 2018. A companhia acumula anos de crescentes prejuízos e atrasos em pagamentos de arrendamentos de aeronaves.


Buscando recuperação judicial, a proposta da Avianca inclui a compra de ativos selecionados, como o certificado de operador aéreo da Avianca Brasil, 70 pares de slots (direitos de pouso e decolagem em certos aeroportos) e o arrendamento de cerca de 30 aeronaves Airbus A320.


A companhia possui 234 slots em 14 aeroportos, como Guarulhos (SP), Congonhas (SP) e Santos Dummont (RJ). A aérea tem hoje 48 aeronaves em operação. Somente no aeroporto de Guarulhos, a média de slots da aérea por dia foi de 63 entre 11 e 15 de março, informou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) ao G1.

6 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade