• Flavia Andrade

Confira sete dicas de adaptações para cuidar da saúde do idoso no inverno


(Foto: Divulgação)

A estação é conhecida por elevar o aparecimento de doenças respiratórias, além de aumentar os riscos de complicações cardiovasculares


As baixas temperaturas são sempre um motivo de preocupação com a saúde, afinal, é no inverno, quando a umidade fica baixa, que é mais comum a ocorrência de doenças respiratórias e também o aumento de complicações cardiovasculares. O idoso, por possuir uma reserva fisiológica mais restrita, tem menos capacidade de enfrentar essas condições climáticas e responde com o aumento exacerbados dos níveis de pressão arterial, transtornos de coagulação sanguínea e maior propensão a infecções típicas do frio, que podem desencadear eventos cardiovasculares. A coordenadora técnica da Home Angels, Janaína Rosa, rede de cuidadores de idosos, preparou algumas dicas de adaptação simples no dia a dia para os idosos.

  • Na hora do banho, escolha o horário mais quente do dia e, se possível, aqueça o banheiro antecipadamente. Mas é importante se atentar e abrir uma frestinha da porta para que a temperatura de ambos os ambientes, banheiro e quarto, fique próxima.

  • Seque o corpo e coloque a primeira camada de roupa ainda no próprio banheiro para evitar a corrente de ar. Mas lembre-se, não esqueça de hidratar bem a pele.

  • Se os cabelos estiverem molhados, use um secador e aguarde para sair de casa, pois ainda há calor do banho e do aparelho que deixa o corpo quente.

  • Como a reserva hídrica na terceira idade é menor, o idoso acaba ingerindo poucos líquidos, aumentando as chances de desidratação. Por isso, é muito importante aumentar a oferta de bebidas como água, sucos, chás, caldos e sopas. Além de hidratar, aquecem o corpo.

  • Caso esteja mais frio à noite, coloque uma manta no colchão para ajudar a reter a temperatura.

  • Para os idosos acamados, a vestimenta é um detalhe que merece atenção e caso haja a necessidade de trocas de fraldas, calças e blusas podem não ser a melhor opção. Nesse caso, aposte em camisolas e camisas de manga comprida de flanela e meias térmicas antiderrapantes ou meião para as pernas, assim como também cai bem um cobertor sobre o corpo, que tem como objetivo aquecer e reter o calor ao longo do dia.

  • Outra dica para os acamados é colocar trocadores absorventes em cima do lençol, pois, caso tenha escape de urina, a troca se torna mais rápida e a cama não ficará fria.


2 visualizações0 comentário