• Flavia Andrade

Conselheiros do Codecon são empossados por Marquinhos Trad


Os novos membros terão mandato de dois anos conforme publicação (Foto: David Majella/PMCG)

Nesta terça-feira (30), o prefeito Marquinhos Trad empossou os novos conselheiros do Codecon (Consleho de Desenvolvimento Econômico de Campo Grande), para mandato de dois anos, com efeito a partir da data de publicação do Decreto “PE” n° 1.976, de 24 de julho de 2019.


Os encontros dos membros do Codecon acontecem ao menos 1 vez por mês, para análise dos projetos que dão entrada na Prefeitura através da Lei do Prodes (Programa de Desenvolvimento Econômico e Social) de Campo Grande.


Durante discurso, o prefeito Marquinhos Trad destacou que, “A participação nesse Conselho requer dedicação e comprometimento com o desenvolvimento de Campo Grande, trabalhando com muita ética as questões relativas à atração de novas empresas. Os integrantes do Codecon são pessoas maduras, experientes, capazes e bem intencionadas, que buscam aquilo que todos nós buscamos: o bem-estar, desenvolvimento e progresso da nossa cidade”, diz Marquinhos Trad.


O Codecon já realizou 34 reuniões, aprovando 109 projetos, com previsão de R$ 784,9 milhões em investimentos e criação de 3.992 novos empregos. Após aprovados no Conselho, os projetos seguem para a Câmara Municipal onde são analisados na Comissão de Indústria e Comércio para aprovação em plenário para posterior encaminhamento à sanção do prefeito.


De acordo com o secretário Herbert Assunção, “O Codecon é importante pelo fato que o desenvolvimento econômico promove também o desenvolvimento de outros setores. Essas pessoas que participam desse Conselho são pessoas compromissadas com o melhor para Campo Grande, buscando soluções para fazer com que a Capital seja mais desenvolvida, mais pujante”, pontua titular da Sedesc.


Para Julião Gaúna, representante da Fiems no Codecon, “O Codecon trabalha diretamente com os investimentos e desenvolvimento da nossa cidade. Nosso foco é fazer com que Campo Grande a cada dia cresça e, principalmente, gere mais emprego e renda, oferecendo à população oportunidade para que viva dignamente através do trabalho”, afirma.


Já o secretário de Governo e Relações Institucionais, Antônio Alves Lacerda, diz que,  “Campo Grande nasceu com o destino de ser grande e acho que ela está muito próxima de cumprir esse destino. Herbert Assunção, o secretário da Sedesc, já está trabalhando para criar aqui em Campo Grande um Centro Tecnológico, visando atrair empresas que gerem idéias, que visem o desenvolvimento definitivo de Campo Grande, transformando nossa Capital numa cidade digital”, declara Lacerda.


O Codecon é composto por 21 conselheiros representando 7 órgãos governamentais: Secretaria Municipal de Governo e Relações, Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento,  Gabinete do Prefeito, Secretaria Municipal de Desenvolvimento, de Ciência e Tecnologia, Procuradoria Geral do Município, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana e Fundação Social do Trabalho de Campo Grande.


Além destes, outros 4 órgãos não governamentais fazem parte do Conselho: Federação das Indústrias do Estado do Mato Grosso do Sul – Fiems, Associação Comercial e Industrial de Campo Grande – ACICG, Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Campo Grande e Região do Estado de Mato Grosso do Sul e Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de Mato Grosso do Sul – Sescon-MS.

0 visualização0 comentário