• Flavia Andrade

Diretor do Butantan solicita à Anvisa uso emergencial de doses da Coronavac envasadas pelo Instituto


(Foto: Reprodução/Internet)

“A primeira partida de 4,8 milhões já em disponibilidade à medida que for feita essa liberação”, diz Dimas Covas.


Nesta segunda-feira (18), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, disse que enviou um novo pedido de uso emergencial da CoronaVac à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), desta vez solicitando autorização para todas as doses envasadas pelo Instituto.


Ainda conforme Covas, "Ainda na manhã de hoje entramos com o pedido de uso emergencial agora para todas as doses que serão produzidas no Butantan. A primeira partida de 4,8 milhões já em disponibilidade à medida que for feita essa liberação. Uma vez aprovada, aí a produção do Butantan já será feita de acordo com essa autorização", pontua.


Covas enfatizou ainda durante a Coletiva que, "Não haverá necessidade de todo lote ser requisitado. Poderemos chegar aí à produção adicional de 35 milhões, já descontando essas 4 milhões. E, eventualmente, no acréscimo que inclusive já foi mencionado ao Ministério de 56 milhões de doses adicionais. Esperamos que essa autorização aconteça o mais rapidamente possível", declarou.


Segundo orientação da própria Anvisa, o diretor-presidente esclarece que o envio separadamente foi uma das solicitações. "Entramos hoje a pedido da própria Anvisa. A Anvisa nos solicitou que terminássemos o primeiro processo e, na sequência, aplicássemos o segundo, exatamente por que a documentação é muito similar", conclui.

0 visualização0 comentário

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade