• Flavia Andrade

Donald Trump é absolvido pelo Senado Americano


(Official White House Photo by Shealah Craighead)

Nesta quarta-feira (05), o Senado Americano absolveu o presidente Donald Trump das duas acusações pelas quais respondia no terceiro processo de impeachment da história americana. Trump foi acusado de abuso de poder e obstrução do Congresso.


O senado votou as denúncias contra o presidente do Partido Republicano separadamente. A primeira, que tratava de abuso de poder, teve 48 votos a favor da condenação e 52 votos pela absolvição. O voto favorável à condenação na primeira denúncia, do senador Mitt Romney, do estado de Utah, surpreendeu por ser correligionário do presidente.


Mitt Romney afirmou que seu voto terá consequências, segundo ele, “O veredito é nosso, de acordo com a Constituição. O povo nos julgará por quão bem cumprimos nosso dever. Há pessoas no meu partido e no meu estado que vão desaprovar minha decisão de maneira contumaz. Serei veementemente acusado por isso. Mas alguém acredita, de verdade, que eu permitiria que esses atos ficassem sem a sentença inescapável que meu juramento perante Deus me obriga [a dar]? Meu veredito não removerá o presidente de seu cargo, mas haverá uma instância superior a esse julgamento: a decisão do povo americano. Os eleitores farão a decisão final”, enfatiza.


O senador Mitt Romney entrou para a história como o primeiro senador a votar a favor do impeachment de um presidente do próprio partido.


Com relação a segunda denúncia contra Trump, que trata de obstrução do congresso, 47 senadores votaram pela condenação (todos do partido democrata) e 53 votaram pela absolvição. Eram necessários pelo menos 67 dos 100 votos da casa para que Trump fosse removido do cargo. 

4 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade