• Flavia Andrade

Encontro Estadual reconhece evolução e eficiência do Laboratório Municipal de Três Lagoas

Atualizado: 26 de Jan de 2019

Laboratório realizou 298.480 mil exames requisitados pelas Unidades de Atenção Básica de Saúde em 2018



Laboratório realizou 298.480 mil exames requisitados pelas Unidades de Atenção Básica de Saúde em 2018 (Divulgação-PTL)

Três Lagoas tem estimativa populacional de acordo com o censo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 119.465 mil habitantes, sendo de extrema importância o uso deste parâmetro de referência para avaliar a crescente evolução no resultado de exames laboratoriais solicitado pelas Unidades de Atenção Básica de Saúde do Município e concluídos no Laboratório Municipal “Jaime Joaquim de Carvalho Filho”, classificado como “o maior laboratório de análises clínicas de Três Lagoas e região em volume de exames”. Conforme relatórios apresentados no 3º Encontro Estadual de Atenção Básica, realizado em Campo Grande, em novembro de 2018, e atualizados em 1º de janeiro de 2019, de 298.480 exames laboratoriais realizados em 2017, em 2018 esse resultado evoluiu para 490.703 exames, o equivalente a um aumento de 66%, comparando com o ano anterior. Esse montante representa quatro vezes mais que o total da população estimada de Três Lagoas.


Os mesmos dados, com relatórios específicos de “Experiências Bem Sucedidas” na Atenção Básica da Estratégia de Saúde da Família (ESF), estão publicados na Revista da Escola de Saúde Pública do Mato Grosso do Sul. Em meio à “Modernização das Análises Clínicas no Sistema Único de Saúde”, na mesma Revista constam outras “Experiências Bem Sucedidas”, como, por exemplo, entre outras, a “Gestão em Assistência Farmacêutica”, com o restabelecimento, em Três Lagoas, de nove farmácias e contratação de 11 novos profissionais da área para atendimento à população.


Para o diretor do Laboratório Municipal de Três Lagoas, bioquímico César Vinícius Moleiro Ribas, “o serviço de exames laboratoriais é uma necessidade contínua e tem como finalidade suprir as necessidades de exames da Rede Pública de Saúde deste município, na quantidade e qualidade para perfeita e total execução dos serviços rotineiros do laboratório de análises clínicas”, aponta

O aumento no número de consultas médicas realizadas nas Unidades Básicas de Saúde pulou de 126 mil em 2016 para 300 mil em 2018, ou seja, um aumento de 140%, “o que veio a refletir também no aumento do número de exames no Laboratório Municipal”, observou o bioquímico, porque “o aumento de exames se dá em atendimento aos programas de saúde, desenvolvidos na atenção básica, conforme as normativas do Ministério da Saúde”, explicou.

0 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade