• Flavia Andrade

Estação de esgoto de Maracaju é uma das mais modernas do País com investimento de R$ 8,6 milhões

Atualizado: 28 de Jan de 2019

Feita para durar 40 anos, com capacidade de tratamento de 50 litros por segundo



Feita para durar 40 anos, com capacidade de tratamento de 50 litros por segundo (ChicoRibeiro/PortaldoMS)

A nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Maracaju, construída pela Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), é uma das mais modernas do Brasil, segundo governador Reinaldo Azambuja.


Com capacidade de tratamento de 50 litros de esgoto por segundo. O investimento foi de R$ 8,6 milhões na construção. Para Reinaldo Azambuja, “Entregar essa estação, uma das mais modernas do País, é um ganho para a sociedade. Ela vai atender Maracaju pelos próximos 40 anos”, declara. A antiga estação de esgoto, dos anos 1990, será desativada.


Também participaram do ato de inauguração da ETE o diretor-presidente da Sanesul, Luiz Rocha; o superintendente da Funasa em Mato Grosso do Sul, Marco Aurélio Santullo; o prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja; e o secretário estadual de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel.

0 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade