• Flavia Andrade

Geraldo Resende afirma que os novos hospitais irão mudar a saúde de MS

“As novas unidades hospitalares inserem-se na proposta incumbida pelo governador Reinaldo Azambuja, de concluir a implantação do PDR irá reestruturar a saúde pública no Estado”, afirma secretário.



“As novas unidades hospitalares inserem-se na proposta incumbida pelo governador Reinaldo Azambuja, de concluir a implantação do PDR irá reestruturar a saúde pública no Estado”, afirma secretário. (Ricardo Minella - SES)

O município de Dourados terá dois novos hospitais que estão sendo construído e devem mudar a panorama da saúde pública de Mato Grosso do Sul. Segundo projeção do secretário de saúde Geraldo Resende, o qual, visitou as obras na sexta-feira (08), ao lado do Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta.


Para o secretário Estadual de Saúde,Geraldo Resende, “Essas novas unidades hospitalares inserem-se na proposta que me foi incumbida pelo governador Reinaldo Azambuja, de concluir a implantação do PDR – Plano Diretor de Regionalização, que vai reestruturar a saúde pública em Mato Grosso do Sul”, afirma.


De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (SES), o Hospital da Mulher e da Criança está com 30% das obras concluídas. O terreno, doado pelo governo, fica em uma área anexa ao Hospital Universitário (HU) e conforme o cronograma, dentro de 14 meses a primeira etapa estará concluída. Já nesta fase, a população feminina e infantil de Dourados e outros 33 municípios da região passarão a contar com o acréscimo de 55 novos leitos hospitalares de internação, Pronto Atendimento Pediátrico e Obstétrico, Centro Obstétrico e Centro de Parto Normal. Na fase seguinte, serão ofertados mais 80 leitos para UTI’s. Essa fase tem uma demanda de investimentos de R$ 34 milhões, sendo que R$ 28 milhões foram liberados em 2018, parte de emenda parlamentar e parte oriundos do Ministério da Educação. No total, a unidade terá uma área construída de 6,3 mil metros quadrados, além de 18 mil metros quadrados de urbanismo e infraestrutura.


O Hospital Regional está na fase de fundações num terreno situado às margens da Rodovia BR-463, na saída para Ponta Porã. Ainda segundo a SES, a unidade terá leitos distribuídos em enfermaria masculina e feminina, de isolamentos, UTI adulto, UTI pediátrica, leitos de observação adulto, centro cirúrgico e obstétrico, farmácia, unidade de nutrição, anexo de serviços, pronto atendimento e observação de isolamento, recuperação e pós-anestésica e recuperação de endoscopia, totalizando 210 leitos e 10.706 m² de área. O investimento é de R$ 53 milhões.

4 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade