• Flavia Andrade

Governo do MS têm lucro de aproximadamente R$ 100 milhões com as estatais


Sede da Sanesul em Campo Grande (Foto: Divulgação/Sanesul)

As estatais em Mato Grosso do Sul, além de atender à população, geram lucro e dividendos que são usados em áreas essenciais, como saúde, segurança e educação. Dados divulgados pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul apontam que, em 2018, juntas, as empresas do Estado tiveram lucro líquido de R$ 108,227 milhões.


Este resultado coloca Mato Grosso do Sul em um pequeno grupo de três estados que receberam mais recursos das estatais do que transferiram, conforme painel do Tesouro Nacional. Os outros estados na mesma situação são Rio Grande do Sul e Sergipe.


A MSGÁS multiplicou por cinco o número de clientes, de cerca de 2 mil para 10 mil, e a Sanesul ampliou em 1.350 quilômetros a rede de água e 1.249 quilômetros da rede de esgoto e já atende 590 mil consumidores (558,6 mil residenciais, 30 mil comerciais e 1,4 mil industriais) em 68 municípios e 61 distritos no Estado, conforme levantamento realizado desde 2015.


Para o diretor de Administração e Finanças da Sanesul, André Luis Soukef Oliveira, “A política de expansão da Sanesul é de buscar sempre a universalização dos seus serviços. Hoje já atingimos a universalização com os serviços de água e devemos avançar na coleta tratamento e destinação final com esgotamento sanitário nos municípios que operamos”.


A nível nacional, o Painel divulgado pelo Tesouro Nacional aponta que os estados tiveram prejuízos de cerca de R$ 14 bilhões no ano passado com empresas estatais estaduais.


No ano passado, os governos locais repassaram R$ 16,1 bilhões a empresas públicas, entre reforço de capital e subvenções, mas receberam apenas R$ 2,2 bilhões em dividendos. Do total de estatais analisadas, 43,4% tiveram prejuízo em 2018.

0 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade