• Flavia Andrade

Histórias relatadas por seguidores inspira livro motivacional



(Foto: Divulgação)

Mensagens recebidas na caixa no Instagram do Fábrica de Mentes serviram como base para que o fundador do coletivo, Felipe Moller, escrevesse "O óbvio que você deixa passar", narrando histórias de pessoas comuns em momentos decisivos.


Uma obra de ficção é um produto da criatividade do autor. Mas não só. Para que as histórias e personagens ganhem vida, a realidade precisa estar presente como forma de inspiração. Foi o que sucedeu com o livro “O óbvio que você deixa passar – a resposta que sempre buscou pode estar mais perto do que imagina”, lançado em outubro pela Editora Gente. A obra, que relata a história de pessoas comuns que enfrentam momentos decisivos em suas vidas,  é fruto da prolífica imaginação de Felipe Moller, mas paga tributo à Fabrica de Mentes, coletivo - fundado pelo autor - que nasceu com o intuito de criar impacto positivo através de histórias inspiradoras e mensagens reflexivas.

Em março de 2015 surgiu a Fábrica de Mentes, divulgando conteúdo motivacional e inspiracional em diversas plataformas (Youtube, Facebook e Instagram). Conforme Moller, o mundo está cheio de pessoas negativas, especialistas em julgar e criticar, que se deleitam em apontar o dedo para os defeitos dos outros, sendo um fato raro aqueles que oferecem um ombro amigo e uma palavra de incentivo. “O coletivo nasceu para oferecer esse apoio que muitas vezes as pessoas não têm no dia a dia, para ser o “amigo positivo” que muitos sentem falta, através do compartilhamento da minha trajetória e de insights que eu tenho”, explica. “A Fábrica de Mentes é um experimento social”, destaca Moller. De acordo com o autor, o público consumidor dos conteúdos divulgados confia tanto no coletivo que sempre se mostrou aberto a interagir, contando sua história de vida, trocando opiniões e pedindo conselhos. “Essa cumplicidade permitiu conhecermos mais a fundo nossos seguidores, tomando ciência de suas principais alegrias, tristezas, dores, angústias e sofrimento”, diz. O fundador do Fábrica de Mentes explica que desse modo foi possível ter uma melhor noção de quais são as reais necessidades e sonhos dessas pessoas, para assim sugerir caminhos e respostas. Segundo Moller, veio dessa interação e cumplicidade, desse pedido de socorro diário, a ideia de oferecer um exercício de imaginação para que buscassem compreender que muitas vezes as respostas para os mais torturantes dilemas são mais simples do que imaginamos.

Este exercício tomou forma em “O óbvio que você deixa passar – a resposta que sempre buscou pode estar mais perto do que imagina”. “Os contos do livro são basicamente as dores que eu mais ouvi dos seguidores nestes quase seis anos de Fábrica de Mentes em mensagens que chegavam pela caixinha de perguntas do Instagram diariamente”, relata Moller.

Por isso é tão fácil se identificar e se emocionar com as tramas do livro. Seja das meninas adolescentes, na iminência de prestar o vestibular, e pressionadas em relação ao futuro; seja do jovem que busca seu primeiro emprego na área em que estudou; seja da profissional brilhante, que se ressente de ter se afastado das amigas; ou seja do homem rico, que por muito tempo negligenciou o filho pequeno e agora quer passar mais tempo com ele.

Os protagonistas do livro estão cercados por amigos, colegas de trabalho, professores, irmão, tia e pais, peças-chaves na trama, sempre prontos a dar conselhos e ajudar aos protagonistas a encontrar as melhores saídas para seus problemas cotidianos. Ao agradecer a cada amigo, colega e parente, Moller dá a dica de sua fonte de inspiração. Nos fatos de sua vida levemente mencionados encontramos o solo em que semeou algumas tramas de seus contos.  Ficha Técnica:

Subtítulo: A resposta que sempre buscou pode estar mais perto do que imagina. ISBN: 978-65-5544-042-3 Formato: 16x23 Páginas: 192 Preço de capa: R$39,90 Autor: Felipe Moller Lançamento: Outubro/2020 Gênero: Ficção

0 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade