• Flavia Andrade

Hospital em Dourados é reconhecido como Polo da Saúde por Ministro Mandetta


Em visita ao Hospital da Mulher e da Criança com o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Resende e a Prefeita Délia Razuk. Mandetta enfatizou Dourados como fundamental para a saúde do Estado



Ministro Mandetta em visita com o Secretário de Saúde Geraldo Resende e Prefeita Délia Razuk em Dourados (A.Frota)

O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta esteve em Dourados com o secretário de Saúde, Geraldo Resende e a Prefeita Délia Razuk, visitando as obras do Hospital da Mulher e da Criança, anexas ao Hospital Universitário, nesta sexta-feira (08).


Para Luiz Herique Mandetta, "Dourados tem papel fundamental no atendimento à saúde e que as obras em andamento irão auxiliar para dar melhores condições ao município como polo de atendimento à saúde". Ainda segundo ministro Mandetta, o Hospital da Mulher e da Criança e o Hospital Regional de Dourados são estruturas prioritárias para continuar a expansão do atendimento em saúde no Estado, tendo como centro Campo Grande e quatro pólos nos extremos (Dourados, Coxim, Corumbá e Três Lagoas).


Ainda segundo Mandetta, “Destes quatro polos, Dourados é o que está mais ‘maduro’. Não dá mais para deixar de considerar o município como pólo em saúde, porque já atende muito, há muito tempo, e precisamos alinhar obras terminadas, com equipamentos comprados e material humano qualificado para termos grandes empreendimentos funcionando para a população”, enfatiza.


A prefeita Délia Razuk, “Para mim como gestora é a realização de um sonho ver estes hospitais em fases avançadas. E ter o Mandetta como ministro, alguém daqui, que conhece nossa realidade e que vem para visitar nossa cidade, mostrando que se importa com a nossa gente é fundamental. Importante também ter um secretário de Estado de Saúde que seja do nosso município. Tudo nos renova as esperanças”, pontua.


Conforme o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, “Essa é uma forma de homenagear as mulheres, principalmente as mais humildes e que utilizam a saúde pública”, conclui.


O prédio do Hospital da Mulher e da Criança está sendo construída em área doada, no ano de 2016, pelo Governo do Estado. Esta semana, o projeto atingiu cerca de 30 por cento das obras executadas. Já nesta fase, a população feminina e infantil de Dourados e outros 34 municípios da região passarão a contar com o acréscimo de 55 novos leitos hospitalares de internação, Pronto Atendimento Pediátrico e Obstétrico, Centro Obstétrico e Centro de Parto Normal. Na fase seguinte, serão ofertados mais 80 leitos para UTI’s.


A primeira etapa do HMC, obteve recursos investidos de R$ 34 milhões,Em 2018 já foram liberados mais R$ 28 milhões.

4 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade