• Flavia Andrade

Jair Bolsonaro discursa no Fórum Econômico Mundial em Davos

Atualizado: 29 de Jan de 2019

“O Brasil ainda é uma economia relativamente fechada ao comércio internacional e mudar essa condição é um dos maiores compromissos deste governo”, diz Bolsonaro



“O Brasil ainda é uma economia relativamente fechada ao comércio internacional e mudar essa condição é um dos maiores compromissos deste governo”, diz Bolsonaro (Christian Clavadetscher/Fórum Econômico Mundial)

Nesta terça-feira (22), o presidente da República, Jair Bolsonaro, discursa no Fórum Econômico Mundial, em Davos. Ao iniciar o discurso, Bolsonaro diz que, “Confesso que estou emocionado e me sinto muito honrado em me dirigir a uma platéia tão seleta”.


Durante o discurso, Jair Bolsonaro aponta que, “Temos o compromisso de mudar a nossa história, pela primeira vez no Brasil, um presidente montou uma equipe de ministros qualificados.


Honrando o compromisso de campanha, não aceitando gerência de partidos político-partidários, que no passado apenas geraram ineficiência do Estado e corrupção. Gozamos de credibilidade para fazermos as reformas que precisamos e que o mundo espera de todos nós”, declara.


Com relação ao combate à corrupção, Jair Bolsonaro destaca a importância de Sérgio Moro, “Aqui entre nós, o meu ministro da justiça, Sérgio Moro, o homem certo para o combate à corrupção e ao combate de lavagem de dinheiro”, afirma.


Buscando fomentar o Turismo, Bolsonaro destaca qualidades do Brasil, “Somos um país que mais preservar o meio ambiente, nenhum outro país do mundo, tem tantas florestas como nós. A agricultura se faz presente em apenas 9% em nosso território, e cresce graças a sua tecnologia e competência dos nossos produtores rurais. Menos de 20% do nosso solo é dedicado a pecuária, essas comodities em grande parte, garantem o superávit em nossa balança comercial e alimentam boa parte do mundo. Nossa missão agora é avançar na compatibilização entre preservação do meio ambiente e da biodiversidade, com o necessário desenvolvimento econômico. Lembrando que são interdependentes e indisociáveis”.


Sobre a Reforma Tributária, Jair Bolsonaro aponta o caminho a ser seguido pelo Governo Federal durante o seu mandato, “Queremos governar pelo exemplo e queremos que o mundo restabeleça a confiança que sempre teve em nós. Vamos diminuir a carga tributária, simplificar as normas, facilitando a vida de quem deseja produzir e empreender, investir e gerar empregos. Trabalharemos pela estabilidade macroeconômica, respeitando os contratos privatizando e equilibrando as contas públicas”.


Para a economia, o presidente destaca o fato de o Brasil ainda ser relativamente fechado para o comércio exterior, com isso, “Mudar essa condição é um dos maiores compromissos desse governo”.

Presidente aponta desafio para a equipe econômica liderada pelo ministro Paulo Guedes, tem a missão de até o fim do mandato dele, colocar o Brasil entre os 50 melhores países do mundo para se fazer negócio. Segundo o Banco Mundial, o país está na 109° posição. “Vamos defender a família, os verdadeiros direitos humanos, proteger o direito à vida e a propriedade privada e promover uma educação que prepare a nossa juventude para os desafios da 4ª revolução industrial, buscando pelo conhecimento reduzir a pobreza e a miséria”, conclui.

0 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade