• Flavia Andrade

João Rocha cobra novamente duplicação da BR-163

CCR MSVIA tem a concessão há cinco anos e obras continuam paradas,


Vereador Professor João Rocha cobra explicações da CCR MSVIA sobre BR - 163 (Izaias Medeiros / CMCG )

A BR-163 em Mato Grosso do Sul segue com a duplicação da via em lentidão. A concessão, completa hoje cinco anos, sendo assinada em 12 de março de 2014, com isso, apenas pouco mais de 150 dos 845 quilômetros da rodovia foram duplicados pela CCR MSVia. 


Nesta terça-feira (12) durante a sessão ordinário, o presidente da Câmara, vereador Prof. João Rocha, solicitou explicações, e deve buscar, nos próximos 10 dias, uma nova agenda junto a concessionária para buscar uma solução para o impasse. Em 2018, somente 11,6 quilômetros passaram por intervenção e já foram liberados para o tráfego.


De acordo com o vereador Professor João Rocha,“Não queremos acabar com a concessão, mas que essa duplicação aconteça o mais rápido possível. O contrato não está sendo cumprido e a empresa segue com a cobrança do pedágio. A duplicação não só facilitaria o escoamento da produção em diversas cidades, mas também preservaria muitas vidas”, declara.


A Casa tem negociado com a empresa, nos últimos dois anos. Foi realizada audiência pública com vereadores de diversas cidades que margeiam a BR-163, solicitando a retomada dos trabalhos de duplicação ou, pelo menos, a suspensão da cobrança do pedágio caso as obras não fossem retomadas. 


Os documentos coletados e as reivindicações foram levadas até o MPF (Ministério Público Federal) com pedido de reavaliação da cobrança do pedágio, já que, à época, as obras estavam paralisadas.


Ainda segundo parlamentar,“Estamos pagando por um serviço que não estamos recebendo. O pedágio é caro, mas é para ser investido em novos trechos de duplicação. Vidas continuam sendo perdidas e vários acidentes seguem acontecendo. Queremos a duplicação completa da via, pois ela é importante não apenas para a logística do Estado, mas para a segurança dos motoristas. A população não pode ser penalizada”, conclui.


A BR-163 tem 845,4 quilômetros de extensão e cruza todo o Mato Grosso do Sul, desde a divisa com o Paraná, ao Sul, na cidade de Mundo Novo, até a divisa com Mato Grosso, ao Norte, na cidade de Sonora. A rodovia passa por 21 municípios, entre eles a capital, Campo Grande, e serve a mais de 1,3 milhão de habitantes.

5 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade