• Flavia Andrade

João Rocha destaca votação da Reforma da Previdência em entrevista


Com projeto entrando em caráter de urgência, Câmara vota reforma da Previdência. (Foto: Flavia Andrade)

Na última sessão ordinária do primeiro semestre de 2019, os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande começaram o dia com uma reunião entre os parlamentares, presidência da Casa e a Prefeitura.


De acordo com o Presidente da Casa de Leis, vereador Professor João Rocha, “é um modus operandi toda vez, o prefeito vem, nos reunimos com os demais vereadores, ouvimos a proposta, o prefeito vai embora, e ficam os parlamentares para debater o projeto e analisarmos a reunião entre o Executivo e o Legislativo, para que possamos colocar em prática. O projeto está sendo discutido no país inteiro, e foi discutido e acordado agora no sentido de que realmente é uma situação amarga, dolorosa, não é agradável, como não foi para o Brasil inteiro e não seria diferente aqui para o Governo do Estado e para a Assembleia, mas que precisa ser feito. Quando a doença é forte, muitas vezes o remédio é amargo”, aponta. 


A votação coloca os valores em simetria tanto a nível federal, estadual e municipal, “A alíquota do servidor que paga 11, passa a pagar 14, e do município que arredava 14 e passa a arrecadar 22, sendo sancionado e publicado passa a valer 90 dias após a publicação”, conclui.

3 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade