• Flavia Andrade

Luiz Antônio Bonat deve substituir Sérgio Moro na Operação Lava Jato no Paraná

Magistrado é o mais antigo a concorrer à vaga; escolha oficial ainda não tem data definida



Magistrado é o mais antigo a concorrer à vaga; escolha oficial ainda não tem data definida (Divulgação/TRF4)

Nesta sexta-feira (25), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmou que Luiz Antônio Bonat é o juiz com maior tempo de magistratura entre os 25 candidatos que se inscreveram para concorrer à vaga de Sérgio Moro e conduzir os processos da Operação Lava Jato, em primeira instância, no Paraná.


As inscrições encerraram nesta quinta-feira (24). Segundo o TRF-4, a lista final de candidatos contém 25 concorrentes.


Considerando tempo de carreira entre os candidatos, Bonat deve ficar com a vaga de juiz federal na 13ª Vara de Curitiba, uma vez que o critério de seleção é o tempo de serviço.


Com isso, o nome de Bonat vai ser julgado pelo Conselho de Administração do TRF-4. Apenas depois disso ele deve ser nomeado. Não há um prazo para isso acontecer.


Enquanto a nomeação oficial não sai, a juíza em exercício Gabriela Hardt continua conduzindo os processos da Lava Jato no Paraná.


Luiz Antônio Bonat é curitibano e tem 64 anos e atua como juiz federal desde 1993. Segundo o TRF-4, ele já exerceu o cargo na 1ª Vara de Foz do Iguaçu (PR), na 3ª Vara Federal de Curitiba, na 1ª Vara Federal de Criciúma (SC) e, atualmente, trabalha na 21ª Vara Federal de Curitiba, que é especializada em casos da área previdenciária.


Antes de assumir como juiz federal, Bonat atuou na Justiça Federal como servidor, nos cargos de auxiliar e técnico judiciário e, depois, como diretor de Secretaria.


Ele se formou em direito, em 1979, na Faculdade de Direito de Curitiba, e tem especialização em direito público pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

1 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade