• Flavia Andrade

Lula decide não deixar a prisão para encontrar a família em um quartel após autorização do STF

Atualizado: 14 de Fev de 2019

Ministro Dias Toffoli havia autorizado que o ex-presidente Lula fosse acompanhado até um quartel em São Bernardo do Campo para encontrar familiares após enterro de “Vavá”.



Ministro Dias Toffoli havia autorizado que o ex-presidente Lula fosse acompanhado até um quartel em São Bernardo do Campo para encontrar familiares após enterro de “Vavá”. (RicardoStuckert)

Com a autorização da liminar 30 minutos antes do enterro de Genival Inácio da Silva, o “Vavá”, pelo Ministro Dias Toffoli do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, decidiu não sair da prisão em Curitiba para encontrar a família em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, em um quartel.


De acordo com entrevista coletiva fornecida pelo seu advogado, Lula Manoel Caetano Ferreira, “A decisão foi absolutamente inócua, uma vez que a mesma foi proferida quando o corpo já estava baixando a sepultura, o enterro já estava acontecendo. Então, nesse sentido, a decisão não tem como ser cumprida”, declara.


Ainda segundo informações do advogado, Lula se encontra com familiares todas às quintas-feiras, nos dias de visita. “Lula sentiu muito a morte do irmão, e ainda mais por não poder se despedir e se encontrar com a família nesse momento de tristeza”, afirma.

0 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade