• Flavia Andrade

Medicina se posiciona como uma das principais profissões em todo o mundo


(Foto: Divulgação)

Segundo Conselho Federal de Medicina, Mato Grosso do Sul conta com mais de 6 mil médicos; veja com ingressar no curso por meio de prova ou usando a nota do Enem dos últimos três anos


Em todo o mundo, a pandemia da Covid-19 colocou em evidência a importância do trabalho dos profissionais das equipes multidisciplinares de saúde. Na linha de frente de combate à doença, os médicos tiveram atuação destacada seja no atendimento em hospitais ou na dedicação às pesquisas, buscando tratamentos, medicamentos e vacinas. No trabalho desses profissionais, médicos de variadas especialidades têm se unido para prestar assistência direta no atendimento de urgência.


Muitos médicos estão reaplicando técnicas que aprenderam durante a sua formação, mas que são indispensáveis nos cuidados básicos para o paciente que chega à emergência hospitalar e necessita de cuidados imediatos. Outro aspecto refletido pela prática é o caráter humanístico, que é inerente ao exercício da Medicina, na promoção e assistência à saúde da população. Fora dos hospitais e unidades básicas de saúde, muitos médicos que têm pacientes dos grupos de riscos recorrem à telemedicina para assegurar atendimento básico e contribuir na prevenção à Covid-19.


São quase meio milhão de médicos atuando no País, de acordo com o Conselho Federal de Medicina . Em Mato Grosso do Sul, são mais de 6 mil profissionais. Para atender à crescente demanda, o curso de Medicina da Uniderp é um dos que mais formam profissionais no Estado, com uma média de 120 vagas abertas por ano. O curso oportuniza que todos os alunos passem por aperfeiçoamento no Centro de Especialidades Médicas (Cemed), que presta assistência médica-ambulatorial em diversas especialidades, sob supervisão dos professores, além de oferecer aos alunos laboratórios completos.


Além da Cemed, os acadêmicos participam de estágios nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), além do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul e da Santa Casa. Prestes a completar 20 anos de tradição, o curso de Medicina da Uniderp se destaca pela formação que privilegia a aprendizagem baseada em problemas e com proposta pedagógica voltada para a comunidade, com a inserção do aluno no SUS, por meio do convênio com a Secretaria Municipal de Saúde, durante o estágio em serviços de saúde de municípios no interior do estado.


Ingresso


A admissão dos acadêmicos no curso de Medicina da Uniderp se dá por duas formas: ingresso pelo vestibular ou pelo Enem. As inscrições para o vestibular seguem abertas até o dia 6 de julho e aplicação da prova no domingo seguinte, dia 12 de julho. Para quem deseja ingressar com o resultado do ENEM, até o dia 19/6 é possível usar a nota obtida nas avaliações de 2017, 2018 e 2019. Há ainda a opção de participar da prova na modalidade "treineiro", para aqueles que ainda não concluíram o ensino médio.


Para mais informações, basta acessar o site https://www.uniderp.com.br/institucional/medicina.


( ** Com informações da Assessoria)

1 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade