• Flavia Andrade

Ministro Bebianno é exonerado por Bolsonaro

Publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (19), Bebianno será substituído pelo general da reserva Floriano Peixoto Vieira Neto.



Publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (19), Bebianno será substituído pelo general da reserva Floriano Peixoto Vieira Neto. (Valter Campanato / Agência Brasil )

Nesta segunda-feira (18), o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, anunciou a exoneração de Bebianno, e informou que foi uma decisão direta do presidente Jair Bolsonaro. A exoneração foi publicada nesta terça-feira (19), no Diário Oficial da União. O advogado Gustavo Bebianno Rocha será substituído pelo general da reserva Floriano Peixoto Vieira Neto.


Jair Bolsonaro divulgou um vídeo, de pouco mais de um minuto, em que agradece a colaboração do ex-ministro e atribui a mal-entendidos os motivos pelos quais ele foi exonerado.


A pasta será assumida pelo general da reserva Floriano Peixoto, secretário executivo da Secretaria-Geral da Presidência. Entre as demandas de responsabilidade do Ministro, a implementação de medidas para modernizar a administração do governo e avançar em projetos em curso. É uma das pontes entre o Palácio do Planalto e a sociedade.


O então ex-ministro Bebianno, era presidente do PSL na época da campanha eleitoral, e é suspeito de irregularidades no repasse de recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha para candidatas do partido.


Na última semana, Gustavo Bebianno Rocha divulgou nota onde negou as irregularidades. “Reitero meu incondicional compromisso com meu país, com a ética, com o combate à corrupção e com a verdade acima de tudo”, afirma.

2 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade