• Flavia Andrade

Negocia Fácil fecha 454 mil acordos com endividados e recupera R$ 30 milhões no 1º trimestre

Quantidade de negociações concluídas foi 106,36% superior em relação a 2018; volume de crédito ficou 36,36% maior. (Foto: Divulgação/Assessoria)

A opção por trazer a própria renegociação com o uso de tecnologias sem o tradicional constrangimento do telemarketing tem caído cada vez mais no gosto dos consumidores interessados em acertar suas dívidas e, assim, resgatar seu bom nome na praça. Prova disso, o serviço de cobrança digital Negocia Fácil fechou 454 mil acordos com clientes endividados que procuraram essa solução só no primeiro trimestre deste ano. No mesmo período, foram recuperados mais de R$ 30 milhões em créditos perdidos no mercado.


A quantidade de acordos acertados nos três primeiros meses de 2019 foi 106,36% superior se comparado com igual época do ano passado, quando esse número chegou a 220 mil. Em relação ao volume de crédito, o crescimento chegou a 36,36%. De janeiro a março de 2018, o serviço Negocia Fácil recuperou R$ 22 milhões.


Para os próximos meses, a tendência é de que essa trajetória de alta ainda continue, explica o head de Negócios Digitais do Negocia Fácil, José Moniz. Na sua avaliação, as pessoas têm descoberto mecanismos para fugir do constante assédio por parte dos atendentes no momento da abordagem da dívida. Ao procurar uma cobrança digital, o devedor consegue uma negociação mais sigilosa e, sobretudo, sem intermediários.


“Temos resultados melhores quando damos ao consumidor um voto de confiança e colocamos a solução em suas mãos”, destaca Moniz. De acordo com ele, a expectativa é de que o serviço feche aproximadamente 2 milhões de acordos em 2019.


O head do Negocia Fácil ressalta ainda que esse aumento tanto das negociações concluídas quanto do volume de crédito recuperado ocorre também porque boa parte dos credores tem tratado a cobrança como uma oportunidade de fidelizar seus clientes. “As pessoas têm a impressão de que a determinada empresa quer ajudá-los a quitar a dívida. Dessa forma, eles retornam à esteira de consumo.”


Só no ano passado, o serviço conseguiu fechar 1,5 milhão de acordos por meio da cobrança digital. Em 2017, o Negocia Fácil contabilizou 1,1 milhão de negociações. No mesmo período, essa solução registrou um crescimento de 82,4% no volume de recuperação de créditos perdidos. No ano de 2017, esse montante recuperado chegou a R$ 57 milhões. No ano passado, foram R$ 104 milhões.


Desde o início das operações


O serviço Negocia Fácil recuperou R$ 250 milhões em créditos perdidos desde o início de suas operações, em 2012. Foram 4,5 milhões de acordos negociados e concluídos em quase sete anos de atividades, após ser criado e formatado pela MFM, empresa especializada em tecnologia e serviços personalizados para as áreas de crédito e cobrança.


O serviço foi desenvolvido para as empresas que precisam recuperar seus créditos de forma simples, rápida e fácil com uma mudança da relação entre os credores e os consumidores endividados. A referida solução permite que a própria pessoa gerencie sua renegociação, a partir de qualquer dispositivo conectado à internet, a qualquer hora do dia e nos canais de sua preferência.


Devido a sua importância nas operações da MFM, o serviço Negocia Fácil se transformou em uma unidade de negócios da empresa, que conta com 15 anos de experiência no mercado. Entre seus clientes, estão a NET, Claro BR, Jequiti, Banco Pan, Credz, Líder, K2 e Neo GS.


(** Com informações da Assessoria)

3 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade