• Flavia Andrade

Nota MS Premiada tem 2 ganhadores na sena e 295 pessoas na quina em 42 cidades


(Foto: Flavia Andrade)

Nesta terça-feira (03), o Secretário de Fazenda de Mato Grosso do Sul, Felipe Mattos, em coletiva de imprensa destacou a participação da população neste primeiro mês do programa Nota MS Premiada, onde o primeiro sorteio contou com a inscrição de 5,277 milhões de notas emitidas com o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas). Entre os sorteados neste primeiro momento, foram contemplados 295 acertadores, em 42 cidades de Mato Grosso do Sul. Durante o mês de janeiro, foram emitidas 29,857 milhões de notas autorizadas pela Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz-MS).


Conforme o secretário da SEFAZ, dois ganhadores acertaram a sena e vão levar cada um R$ 50 mil, estes são moradores de Campo Grande. Um deles realizou uma compra no valor de R$ 28,90 efetuada na Leroy Merlin e o outro residente do município de Maracaju, que efetuou uma compra no valor de R$ 10,92 no Supermercado Estrela. Além destes, outros 293 acertaram a quina e vão levar R$ 681 cada.



De acordo com o Presidente a Assembleia, deputado estadual Paulo Correa, relembrou que ao lado de Amarildo Cruz e Zé Teixeira, “Nós fomos autores de três projetos pela Assembleia que em parceria com o Governo resultou no Nota MS Premiada. É preciso deixar clara a importância da emissão da nota fiscal, tanto para arrecadação quanto para prestação de serviços públicos. Parabenizo a toda a equipe em nome do Governador Reinaldo Azambuja”, relata.


A maior parte dos ganhadores da quina, ou seja 143 pessoas, são de Campo Grande, seguido de Dourados (20) e Corumbá (19). Para saber se ganhou, o(a) consumidor(a) deve acessar o site da Nota MS Premiada e digitar o CPF. Quem preferir pode consultar a lista completa no site.


Ainda conforme o Secretário, “O programa é um sucesso. Vale a pena o CPF na nota. O cidadão cumprindo o dever de fiscalizar os tributos, fazendo com que cheguem efetivamente ao Tesouro Estadual para execução de políticas públicas. O nosso é o projeto mais inovador do Brasil porque não precisa de cadastro, usa os números da Mega-Sena e já sai com as dezenas geradas na hora”, destaca.


Para o coordenador da Educação Fiscal, Amarildo Cruz, “Nosso percentual era de 9% de notas emitidas com CPF. Em janeiro, primeiro mês, praticamente dobramos ao chegar aos 17,5% que é a média nacional. Um número muito acima da média e tem tudo para melhorar. A participação do consumidor é fundamental nesse processo”, enfatiza.


Já o coordenador de Tecnologia da Informação (Cotin), Cleverton Corazza, pontuou que, “É solicitado o CPF para termos segurança na hora de identificar quem realmente realizou aquisição da mercadoria. Essa medidas tornam o programa mais ágil e dispensa ter que guardar o papel impresso, haja vista que a nota fica no banco de dados das Sefaz, sendo o papal impresso somente um documento auxiliar”.


Também estiveram presentes durante a coletiva o Secretário-adjunto, Lauri Kener e o Superintendente da Administração e Finanças, Waldomiro Morelli, os quais lembraram que, também é possível tirar todas as dúvidas e acessar a lista de onde os itens premiados foram comprados, através do site.


Os interessados em concorrer devem exigir a inclusão do CPF na nota fiscal, onde virão impressas as oito dezenas dos sorteios que serão realizados pela Caixa Econômica Federal. O sorteio será sempre no mês posterior à emissão da nota fiscal. O consumidor pode acompanhar todo o processo pelo site www.notamspremiada.ms.gov.br.

9 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade