• Flavia Andrade

Planejamento de viagem internacional pós-pandemia pode garantir boa economia


(Foto: Istock)

Aprender inglês durante a pandemia pode ser uma boa estratégia para programar ida ao exterior


Muitos países com as medidas de combate ao novo coronavírus flexibilizadas estão com planos de incentivo ao turismo, já que muitas cidades possuem essa atividade como principal fonte econômica.

Muitas companhias aéreas já falaram em redução de preços de passagens, devido à queda do preço do combustível. Outras anunciaram o aumento dos valores, devido a menor capacidade de lotação das aeronaves.

Carlos Santos, analista de sistemas, encontrou uma promoção imperdível de pacote de viagem no período da pandemia e decidiu efetuar a compra. A viagem dos sonhos para a Disney, com os filhos, será realizada em 2021, com as medidas de segurança necessárias. “Eu e minha esposa já conhecemos o parque, mas quando nos deparamos com os valores, percebemos que não poderíamos perder a oportunidade de levarmos as crianças e decidimos arriscar. Estamos esperançosos que até setembro do ano que vem as coisas já tenham melhorado para podermos aproveitar a viagem”, contou.

Além da antecedência na compra das passagens e escolha do destino, é preciso também iniciar a pratica da língua, já que serão dias de intensa conversação. “ Muitas pessoas acabam fazendo viagens internacionais sem conhecer o básico para se comunicarem, o que pode gerar stress e desgaste ao invés de ser um momento prazeroso. O ideal é que o viajante inicie o curso com um ano de antecedência ou então opte por um intensivo, para que consiga estabelecer uma conversação básica antes de viajar”, reforçou a gerente da Unidade Cabral da escola de inglês Cultura Inglesa Curitiba, Patricia Santiago.

A viagem da família de Carlos, atende também a esse requisito. Como é funcionário de uma multinacional, o inglês tornou-se sua segunda língua. Ele concorda com a professora Patrícia e destacou que o conhecimento do idioma faz toda diferença. “Sem nenhuma dúvida, é possível aproveitar muito mais a viagem. Sempre quando vamos para fora do Brasil, compramos os pacotes com apenas acomodações e o resto conseguimos fazer sozinhos, graças ao conhecimento que temos do inglês”, ressaltou.

Confira algumas frases que podem auxiliar no aeroporto, de acordo com a professora Patrícia:

  • Frases relacionadas ao check-in

Can I see your passport and ticket please? (Posso ver seu passaporte e passagem, por favor?)

Do you have any carry-on luggage? (Você tem alguma bagagem de mão?)

Can you place your bag on the scale? (Pode colocar a bagagem na balança, senhor/senhora?)

How many bags are you checking, sir| madam? (Quantas malas o senhor | a senhora está levando?)

I’m afraid you´ll have to pay for excess baggage. (Sinto muito, mas o senhor/a terá de pagar pelo excesso de bagagem)

Would you like a window or an aisle seat? (Quer um assento na janela ou corredor?)

Thank you very much. Have a good flight. (Muito obrigado. Tenha um bom voo.)

  • Frases que você poderá utilizar como passageiro:

What gate number is it? (Qual é o portão?)

Will there be any delay? (Vai ter algum atraso?)

Could you put me on a window seat? (Você pode me colocar na janela?)

Could you put me on an aisle seat? (Você pode me colocar no corredor?)

Can I take this as carry-on luggage? (Posso levar isso como bagagem de mão?)

How much is the excess baggage charge? (Qual o valor da taxa por excesso de bagagem?)

2 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade