• Flavia Andrade

PODEMOS surpreende no MS com 16 candidaturas próprias e mais de 500 candidatos a vereador


(Foto: Reprodução/Internet)

Sérgio Murilo:  em apenas um ano de trabalho, atingimos a mesma dimensão dos partidos tradicionais do estado A grande novidade no cenário eleitoral do Mato Grosso do Sul é o partido Podemos. De legenda praticamente inexistente no estado há um ano atrás, já está presente em 60 dos 79 municípios, sendo que  participa da eleição municipal em 38 cidades, entre elas 16 com candidaturas próprias, inclusive na Capital. São mais de 500 candidatos às Câmaras Municipais. Segundo o presidente estadual do partido, Sérgio Murilo, “em pouquíssimo tempo já estamos com estrutura partidária semelhante à das legendas tradicionais e vamos surpreender nesta eleição, com candidaturas competitivas e diferenciadas, que representam um grande processo de renovação política no Mato Grosso do Sul.” O crescimento  surpreendente e os potenciais de candidaturas colocadas em diferentes cidades  levaram a Executiva Nacional  do partido a redefinir  a estratégia no estado e o papel de Sérgio Murilo no processo.  Ele  atendeu a ponderação dos líderes nacionais e abriu mão da condição de pré-candidato a prefeito de Campo Grande, para coordenar pessoalmente todo o processo eleitoral no Estado. Com a saída de Murilo para a coordenação geral, o Podemos terá uma candidatura feminina em Campo Grande, para reforçar a defesa  de um espaço maior  para as mulheres na política. A Delegada Sidnéia Tobias  abraçou a missão a convite da Direção Estadual e de Sérgio Murilo, com o aval da presidente  Nacional, deputada federal Renata Abreu. Outro sinal emblemático do crescimento do Podemos, segundo ele, é o assédio de outras legendas, em busca de composição com o partido. Fizemos a composição onde e quando houve o entendimento que seria a “melhor opção para o crescimento do município”, explicou.

Nossos candidatos têm o objetivo de renovar a política, resgatar a cidadania e combater a corrupção, pois fazer uma boa gestão nos municípios é uma obrigação de qualquer gestor eleito. Temos mais de dez mil filiados no Mato Grosso do Sul. As nossas executivas municipais contam hoje com mais de 700 lideranças novas na política, imbuídas de fazer a diferença - são empresários, médicos, advogados, professores, músicos, líderes religiosos, empreendedores, agropecuaristas, engenheiros, policiais, lideranças indígenas e outras. Sobre o crescimento inesperado e o desenvolvimento do PODEMOS no Estado o Presidente Estadual entende que este desempenho  deve-se ao trabalho em equipe  na Executiva Estadual, o apoio incondicional da Executiva Nacional, na liderança da Deputada Federal Renata Abreu,  e nomes de peso  como o do  senador  Álvaro Dias, senador Romário, entre  outros. Sérgio Murilo acredita, no entanto, que o maior fator é o sentimento que envolve cada uma das pessoas que aceitou fazer parte desse projeto e jogar no time. A política hoje tem como agenda principal a forma séria de gerir os recursos públicos – transparência e responsabilidade. Nosso objetivo principal é fazer uma gestão séria, eficiente,  e eficaz, onde trate-se com respeito, seriedade e responsabilidade o recurso público que deve retornar à população na forma de bons serviços, na cidade onde cada um reside. O Podemos vai de chapa própria em cidades importantes como Campo Grande, Naviraí, Paranaíba, Cel. Sapucaia, Eldorado, Aparecida do Taboado, Sonora, Camapuã, Miranda, Juti, São Gabriel e Santa Rita do Pardo, Corguinho, Fátima do Sul, Coxim e Deodápolis.


1 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade