• Flavia Andrade

Prefeitura incentiva descarte de resíduos eletrônicos corretamente

A Prefeitura de Campo Grande, tem realizado diversas ações de coleta de resíduos eletrônicos através da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec). O objetivo é incentivar a população a descartar corretamente equipamentos eletroeletrônicos, bem como atender a uma demanda reprimida, uma vez que, os itens em desuso acabam se acumulando nas casas, empresas ou são jogados em lixo comum e terrenos baldios.

O projeto de coleta itinerante é desenvolvido pela Prefeitura, através da Agetec e da Planurb, além de outras instituições da sociedade civil.

Para o Diretor Presidente da Agetec, o projeto será desenvolvido nas sete regiões de Campo Grande. “A Prefeitura Municipal se preocupa com o meio ambiente e o impacto causado pelo descarte irregular desse tipo de material. Com essas ações, queremos garantir ao cidadão que o descarte seja ambientalmente correto”, afirma. As ações começaram a ser realizada em fevereiro deste ano na Praça das Araras – região urbana do Centro. Ao todo, foram dois dias de coleta, com a participação da população. Todo o material descartado foi recolhido por uma instituição sem fins lucrativos. Além desta, outra ação aconteceu no mês de agosto, durante a realização dos Jogos Radicais Urbanos na Lagoa Itatiaia – região urbana do Bandeira. A coleta foi realizada em parceria com outra organização, que foi responsável pelo recolhimento, pesagem e destinação dos materiais descartados. Nas ações foram coletadas mais de 16 toneladas de resíduos eletrônicos, conforme relatório dos parceiros. De acordo com a diretora-presidente da Planurb, Berenice Maria Jacob Domingues, “Contribuir para a construção de valores e atitudes destinadas à conservação do meio ambiente, despertando o interesse da população para o tema, é uma das metas desta gestão”, pontua. A prefeitura disponibiliza quatro Ecopontos pela cidade, onde a população pode descartar gratuitamente resíduos, tais como galhos e podas de árvores, eletroeletrônicos, móveis inutilizáveis, recicláveis e resíduos da construção civil de até 1m³. São eles: Ecoponto Panamá, Noroeste, Nova Lima e União. No último final de semana (25 e 26 de outubro) aconteceu a terceira ação de coleta de resíduos eletrônicos no Parque Ecológico do Sóter – região urbana do Prosa, ação que faz parte da Semana Lixo Zero, que aconteceu simultaneamente em 88 cidades do país. Nesta ação, a Agetec contou com a participação da Solurb – Soluções Ambientais, que recolheu e destinou os equipamentos descartados pela população. Além disso, houve uma ação de conscientização ambiental junto às pessoas que levaram seus resíduos. Segundo o administrador rural Afonso Rosalém, que na ocasião descartou um nebulizador de ar queimado, a ação é uma excelente iniciativa. “A prefeitura tem feito um bom trabalho em relação a este tema, uma vez que ao passar dos anos, nossos aparelhos eletrônicos perdem a vida útil ou são trocados com facilidade e não queremos acumular lixo eletrônico dentro de casa”. Além das ações, a Agetec vem realizando estudos junto a Planurb, Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) e a Seges (Secretaria Municipal de Gestão) a fim de garantir que os resíduos descartados neste tipo de ação pelos órgãos públicos também tenham a destinação ambientalmente adequada. Em 2020, será publicado um edital de chamamento público onde empresas certificadas e as chamadas eco-friendly, possam se habilitar para realizar esse trabalho em parceria com a Prefeitura de Campo Grande. O objetivo do compromisso feito pela Prefeitura de Campo Grande com a Organização das Nações Unidas, por meio dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. A Ação contra a mudança global do clima – Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos.

(Foto: Divulgação/PMCG)

2 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade