• Flavia Andrade

Prefeitura realiza segundo Curso Intensivo de Máquinas Pesadas

Neste fim de semana, cerca de noventa homens e mulheres se capacitaram no curso de máquinas pesadas e estão prontos para encarar o mercado de trabalho.

O 2° Curso Intensivo de Máquinas Pesadas foi oferecido pela Prefeitura de Campo Grande, através da Fundação Social do Trabalho (Funsat), em parceria com a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep) e o Grupo Junta. O curso foi gratuito também aos servidores do Proinc.

Ao todo, os alunos participaram de 40 horas de curso, sendo 18 horas em sala de aula e prática e 22 horas de conteúdo online, o aluno sai preparado para atuar na área.

De acordo com o prefeito Marquinhos Trad, que participou da abertura da aula no sábado (21), “Quem não está capacitado não tem espaço. Aqui é uma chance para cada um de vocês melhorarem o currículo e terem mais opções. Aonde às pessoas vão, elas estão sendo avaliadas, por isso é preciso se capacitar cada vez mais. Quem não é bom não tem lugar”, afirma.

Para o Diretor adjunto da Funsat e coordenador geral do Proinc e Pronatec, Roberto de Avelar, “Nós verificamos no mercado que existe uma carência muito grande de profissionais nessa área e fizemos uma parceria visando, principalmente, a qualificação dos Proincs da PMCG. Esse curso é gratuito para essas pessoas, e tem uma taxa simbólica para as demais pessoas”, enfatiza.

Segundo Junior Mota, fundador do Grupo Junta, o curso de treinamentos de máquinas pesadas custa de R$ 800 a R$ 1,2 mil. “São 40 horas totais, sendo 8 horas sala de aula, mais um apanhado em campo (com as maquinas disponibilizadas pela Sisep) e mais 22 horas de conteúdo extra-pedagógico, no qual o aluno recebe via whatsApp materiais de estudo, além do grupo que permanentemente que mantemos junto aos alunos onde recebem conteúdo e aprendem mais”, pontua.

O curso de máquinas pesadas é obrigatório e consta na NR12, desta forma só pode atuar na área quem está capacitado.

Ainda segundo Mota, “Contratar sem o curso é irregular e corre risco de a Justiça do Trabalho multar”, conclui.

A Prefeitura de Campo Grande abriu 90 vagas e todas foram preenchidas. A expectativa é de a Funsat abrir uma terceira turma em um a dois meses.

(**Foto: Divulgação/PMCG)

7 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade