• Flavia Andrade

Quarentena exige cuidados contra outras doenças oportunistas da mudança brusca de estilo de vida


(Foto: José Iago Galvão)

Prof. Dr. Filippo Pedrinola, médico e criador do protocolo Medicina Estilo de Vida, alerta que é preciso manter o cuidado com a saúde de forma global com a nova rotina que estimula comer mais e se exercitar menos


Muita gente tem partido para o bom humor com a situação, e muitos memes brincam com o fato de que ficar em quarentena, em casa, aumentará a ansiedade e, consequentemente, a fome. Além disso, a prática de atividades físicas, como uma simples caminhada e ir à academia, estarão dificultadas. O endocrinologista Prof. Dr. Filippo Pedrinola alerta que, ao descuidar da saúde, o Covid-19 não será o único problema para se preocupar. “A mudança brusca no estilo de vida pode trazer doenças oportunistas e crônicas, por isso é importante o alerta para não se descuidar dos quatro pilares para uma vida saudável, ou seja, alimentação, atividade física, controle do estresse e espiritualidade”.


O ideal é adequar o novo, e temporário, estilo de vida focando no equilíbrio desses quatro pilares essenciais para a saúde e o bem-estar. Pedrinola explica porque isso é tão importante. “O conceito do que seria ter uma vida saudável não se resume apenas à ausência de doenças, mas um sentido mais global que envolve o bem-estar do ser humano. Neste momento crítico, a sobrecarga de informações, juntas ao medo e à sensação de impotência, dificultam o devido cuidado com o corpo e com a mente”.


Alimentação


Fortalecer o sistema imunológico em um período como este é mais do que necessário, e uma alimentação saudável é capaz de prevenir e até mesmo reverter doenças. O indicado é resistir às tentações e seguir uma dieta variada e rica em alimentos como frutas, legumes, verduras e grãos, e evitando alimentos processados, com muita gordura e açúcar. Além de reforçar o sistema imunológico, impede a ingestão de calorias em excesso enquanto a pessoa está impossibilitada de voltar a sua rotina normal.


Exercícios físicos


É possível manter o corpo ativo durante um período de quarentena. Embora a carga e intensidade sejam amplamente reduzidas, isso não é prejudicial e nem fará o seu corpo se desacostumar com o que vem executando até agora nas academias. A internet possui diversos tutoriais sobre como se exercitar de forma moderada sem ir a uma academia. Além da ajuda em manter o peso ideal, a atividade física libera substâncias benéficas ao cérebro que comprovadamente diminuem os efeitos da ansiedade.


Controle do Estresse


Tão importante quando o cuidado com a saúde do corpo, também é o cuidado com a saúde de nossa mente. O controle do estresse é uma das áreas que mais merecem atenção. Uma das alternativos para esse problema é a prática Mindfulness.


“Nos deixar tomar pelo estresse só colabora para piorar a situação. É o momento de pensarmos na nossa saúde e no que podemos fazer para ajudar toda a comunidade. Cada um fazendo sua parte e estando saudável, será a maior colaboração”, diz o endocrinologista.


Espiritualidade


A espiritualidade também deve ser levada em consideração, e isso nada tem a ver com crenças pessoais ou religião, mas com uma ligação do indivíduo para consigo mesmo, com seus familiares, amigos e com o universo. Meditação, ioga e a própria prática Mindfulness, citada anteriormente, são algumas das atividades que oferecem essa ligação íntima ao indivíduo.


Sobre o Dr. Filippo Pedrinola


O Dr. Filippo Pedrinola, criador do protocolo Medicina de Estilo de Vida, é médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) com residência médica em clínica e endocrinologia no Hospital das Clínicas de São Paulo.


Após período de um ano do Fellowship Program do Cedars Sinai Medical Center da University of California em Los Angeles (UCLA), concluiu doutorado em endocrinologia pela Faculdade de Medicida da USP.


É membro da The Endocrine Society dos Estados Unidos, da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e da Associação Brasileira de Estudos sobre Obesidade (ABESO).


Possui certificação em medicina mente-corpo pelo Body-Mind Institute da Harvard Medical School, pela International Stress Management Association no Brasil (ISMA-BR) e pela University of Texas em Arlington (UTA).


Além de estar à frente de suas clínicas médicas próprias, faz parte do corpo clínico do Hospital Albert Einsten e do Hospital BP Mirante, neste último é Coordenador do Núcleo de Bem-Estar e Terapias Integrativas.


(** Com informações da Assessoria)


3 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade