• Flavia Andrade

Representantes do cooperativismo na Junta Comercial são empossados


Diego Linhares da Cunha e Rogério Alexandre de Jorge Napoleão Piva, representantes da OCB/MS, n as funções de Vogal Titular e Vogal Suplente, respectivamente, para o mandato que corresponde ao quadriênio de fevereiro de 2019 a fevereiro de 2023. (Foto: Divulgação/Semagro)

Nesta quinta-feira (18), o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, juntamente com o Presidente do Sistema OCB/MS, Celso Régis, o Presidente da Junta Comercial, Augusto Ferreira de Castro, o Secretário Geral da Junta Comercial, Dr. Nivaldo Domingos da Rocha e a Superintendente do Sistema OCB/MS, Dalva Caramalac, concederam posse aos representantes do cooperativismo no colegiado da Junta Comercial.


Os novos Colegiados são, Diego Linhares da Cunha e Rogério Alexandre de Jorge Napoleão Piva, representantes da OCB/MS, nas funções de Vogal Titular e Vogal Suplente, respectivamente, para o mandato que corresponde ao quadriênio de fevereiro de 2019 a fevereiro de 2023.


Esta é uma reivindicação antiga do cooperativismo e que faz parte da Lei Estadual do Cooperativismo, Lei 2.830. Para o Presidente do Sistema OCB/MS, Celso Régis, “Estamos agradecidos pelo empenho do nosso Governador Azambuja, que desde 2007, época em que era deputado auxiliou junto ao Governo Federal essa indicação e ao Secretário Jaime que sempre nos apoiou nesse processo. É um reconhecimento ao cooperativismo no nosso Estado, da importância do segmento para a economia e na melhoria na vida das pessoas. O Sistema OCB/MS e todas as cooperativas se sentem honrados em ter representantes compondo o colegiado da Junta”, afirma.


De acordo com o Secretário Jaime Verruck, “Ter pessoas com conhecimento técnico em cooperativismo será importante para agilizar os processos na Junta Comercial. O cooperativismo por ser um pilar importante na economia de Mato Grosso do Sul precisa fazer parte desse colegiado para desenvolver ainda mais o setor. Isso é resultado do Programa Estadual de Desenvolvimento e Fortalecimento do Cooperativismo em Mato Grosso do Sul (Procoop), uma articulação entre o Governo do Estado e o Sistema OCB/MS. Como a legislação ainda não permite que a OCB/MS tenha uma vaga na Junta, pessoas da instituição foram nomeadas como representantes da União”, aponta.


Segundo Augusto Ferreira de Castro, “Acreditamos que a chegada de pessoas com expertise em cooperativismo trará muitos benefícios, já que o setor cresce a cada ano. Essa participação irá fomentar a constituição de novas cooperativas e auxiliará a população como um todo”, conclui.

0 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade