• Flavia Andrade

Sérgio Moro deve ir à Câmara explicar mensagens vazadas em aplicativo


Ministro já havia cancelado o comparecimento em data anterior. (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

O site The Intercept publicou mensagens atribuídas ao ministro e a integrantes da força-tarefa da Lava Jato. Conforme publicação no site, ele orientou atuação de procuradores; ministro e Ministério Público negam.


Nesta terça-feira (02), o ministro da Justiça, Sérgio Moro, deve participar de uma audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados para explicar as mensagens atribuídas a ele em conversas com procuradores da Operação Lava Jato e publicadas pelo site The Intercept Brasil.


Conforme publicação no site, o teor de mensagens demonstra que o ministro Sérgio Moro orientou a atuação de integrantes da força-tarefa da Lava Jato enquanto ele estava à frente dos processos em Curitiba.


Na última quarta-feira (26 de junho), o ministro Sérgio Moro cancelou a sua ida à Câmara. Segundo o site G1, em nota, a assessoria de imprensa do ministro informou que ele não poderia comparecer devido a uma viagem oficial aos Estados Unidos. Como se tratava de um convite, e não de uma convocação, Moro não era obrigado a comparecer.

0 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade