• Flavia Andrade

Semagro discute Fundos emergenciais de saúde animal


Mato Grosso do Sul é representado em evento em Cuiabá pela Semagro e Iagro (Divulgação/Assessoria)

Durante evento do Programa Nacional de Febre Aftosa (PNEFA), o qual prevê a retirada da vacinação no Brasil nos próximos anos, entre os temas que necessitam de grande atenção dos estados estão os fundos emergenciais.  Dezoito estados estiveram representados na segunda reunião que discutiu modelos de fundos, em Cuiabá, alinhados com Ministério da Agricultura, pecuária e abastecimento (MAPA) e contou com a participação do Superintendente da Semagro, Rogério Beretta, e do Diretor Presidente da Iagro, Luciano Chiochetta.


Dentre os modelos de fundos emergenciais,chamou a atenção, segundo Rogério Beretta, o fundo privado instituído pelo Estado de Minas Gerais, o qual apresentou ainda os decretos e leis que possibilitaram a implementação de novas taxas para produtores e, principalmente, para a indústria.


O Mapa apresentou uma proposta de um fundo nacional para auxiliar os estados no plano de retirada da vacinação até 2021, que será estudado e discutido com maior profundidade no próximo encontro.


Ainda conforme Superintendente da Semagro, Rogério Beretta,“É esperado um aumento de gastos na defesa sanitária e para isso está sendo estudado alternativas novas de receita para os fundos públicos e privados", afirma.


Mato Grosso do Sul é o Estado que possui maior área de fronteira seca, dentro do bloco 5, aproximadamente 700 quilômetros, e segundo Beretta,“Um Estado como o nosso, que é eminentemente agrícola e pecuário, precisa ter uma grande preocupação com defesa sanitária animal e vegetal. Nesse sentido, o Governador Reinaldo tem buscado priorizar as atividades relacionados a vigilância”, destacou Rogério. O Diretor Presidente da Iagro comentou sobre o sistema de monitoramento de propriedades rurais que a equipe da Iagro está desenvolvendo: “O sistema é inteligente, o trabalho é preventivo e ,para aprimorá-lo, estamos estudando todas as ferramentas, inclusive as novas tecnologias”, destaca.


Para o diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta,“ É importante ressaltar que a equipe da agencia é extremamente comprometida com as ações, prova disso, é a excelência das atividades realizadas desde que tivemos foco há mais de uma década”, finalizou.


O encontro foi promovido pelo Fundo Emergencial de Saúde Animal do Estado do Mato Grosso (Fesa-MT), Federação de Agricultura no Estado do Mato Grosso, (Famato-MT) e Associação dos Criadores do Estado do Mato Grosso (Acrimat-MT), com o apoio do Instituto de defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) e da Superintendência Federal da Agricultura (SFA-MT).


Estiveram presentes na reunião representantes de governos estaduais, do Ministério da Pecuária e Abastecimento, dos serviços veterinários oficiais e os presidentes dos fundos públicos e privados de todos os estados brasileiros.



4 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade