• Flavia Andrade

Top Circo fará dois espetáculos para estudantes nesta terça-feira

Projeto “Temporadas no Picadeiro Mágico Top Circo” continua até semana que vem no Jardim Colorado com sessões gratuitas. (Foto: Divulgação/Assessoria)

Na abertura da terceira semana do projeto “Temporadas no Picadeiro Mágico Top Circo”, no Jardim Colorado, a lona irá se abrir na Escola Municipal Elizio Ramires Vieira. Nesta terça-feira (23) duas apresentações serão feitas na escola, uma pela manhã e outra pela tarde. Na quinta-feira (25) o circo fará mais uma sessão gratuita e aberta ao público em geral pelo projeto, às 20h.


O projeto foi contemplado com recurso do FMIC (Fundo Municipal de Investimentos Culturais), oriundo da Prefeitura Municipal de Campo Grande, através da SECTUR (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo).


Este é segundo mês que o Top Circo realiza apresentações gratuitas em bairros da periferia da Capital. No primeiro mês estiveram no bairro Dom Antônio Barbosa, agora estão no Jardim Colorado, no próximo mês irão para o bairro Ana Maria do Couto e encerram o projeto em junho na Vila Nasser.


Moradores da região, além de crianças de que participam de projetos em ONGs têm comparecido em peso aos espetáculos. Já aconteceram 6 apresentações, com média de 300 pessoas de público em cada. “Gostamos muito de estar aqui na periferia, ainda mais se apresentando de graça, já que a maior parte das pessoas não tem condições de pagar. Assim eles podem ter acesso à cultura circense”, afirma Hugo Perez, proprietário do circo.


O estudante Lucas Rodrigues, de 8 anos, estava numa das apresentações. Ele mora no Jardim Colorado e nunca tinha ido a um circo. “É a primeira vez que venho ao circo e estou gostando muito. Não tem nada que não tenha gostado”, disse eufórico.


História


O Top Circo é o único circo de lona itinerante de Mato Grosso do Sul ainda ativo. A família Perez tem artistas circenses há pelo menos 4 gerações, por isso as 4 temporadas do projeto.


Ele foi criado como Circo Real Pantanal ainda na década de 1950 e perdura desde então. “Este projeto é importante tanto para preservar a história da minha família, quanto para não deixar a cultura circense morrer. É muito bom ter o resgate de nossa cultura e compartilhá-la com o público sul-mato-grossense”, garante Hugo.


Ingresso solidário


No dia 22 de fevereiro um incêndio atingiu um trailer dos proprietários do circo quando estavam instalados no Jardim Los Angeles e a família Perez perdeu grande parte do que tinha, incluindo material de trabalho, equipamentos, comida e roupas.


As apresentações que acontecem durante o projeto Temporadas no Picadeiro Mágico Top Circo são todas gratuitas, mas a família pede, para quem puder ajudar, que deixe uma doação pagando um “ingresso solidário”, de qualquer valor.


Serviço: Na segunda temporada do projeto a lona do Top Circo estará na rua Dario Anhaia Filho, em frente ao número 1612. Todos os espetáculos são gratuitos e acontecem até a próxima semana no endereço.


(** Com informação da Assessoria - Jornalista Lucas Arruda)

3 visualizações

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade