• Flavia Andrade

Vereador sugere alterações na cobrança do IPTU para famílias de baixa renda.


(Foto: Reprodução/Facebook)

Vereador Tadeu Vieira da Câmara Municipal de Corumbá, buscando atender aos pedidos das famílias de baixa renda no município, sugeriu a Casa de Leis, a anistia do IPTU, aumento na quantidade de parcelas e escalonamento das dividas .


Solicitação foi realizada através da instituição de um novo Programa Cidadão de Recuperação de Créditos com a Fazenda Pública Municipal (REFIC), o qual foi apresentado na sessão desta segunda-feira (29),com escalonamento de valores das dívidas e das parcelas de forma que de condições a contribuintes de baixa renda quitar suas dívidas com o fisco municipal.


Vereador Tadeu Vieira através de requerimento direcionado ao prefeito Marcelo Iunes; ao secretário de Finanças e Gestão, Luiz Henrique Maia de Paula; ao procurador geral do Município, Alcindo Cardoso do Vale Junior; ao auditor geral de Fazenda, Jean Ricardo Dias Nóbrega, e ao auditor fiscal da Receita, André Luís Miceno Papa, encaminhou um projeto de Lei visando instituição do programa.


Conforme o documento, parlamentar esclarece que o REFIC é importante para os contribuintes que estão inscritos na dívida ativa, e que desejam, quitar seus débitos à vista, ou mesmo de forma parcelada. “Além de propiciar um aumento na arrecadação, o programa é a oportunidade para quitação do débito com a Fazenda Pública”.


Segundo vereador, "é preciso criar mecanismos de forma que o programa atenda contribuintes de baixa renda. Estamos sugerindo que os valores das dívidas e a quantidade de parcelas sejam de acordo com o imóvel do proprietário, e que observada as condições do contribuinte na hora da negociação, para que ele tenha condições de quitar sua dívida”, afirma.


Ainda de acordo com vereador Tadeu Vieira, “Existem contribuintes de baixa renda inscritos na dívida ativa que, nos programas anteriores, pagaram duas ou três parcelas, e não tiveram condições de quitar, devido ao fato do valor ser acima das suas reais condições. Por isso estamos fazendo esse apelo para que as autoridades deem condições a estas pessoas de aderir ao programa, pagando parcelas dentro das suas realidades financeiras, e que tenham condições de realmente quitar seus débitos com a Fazenda Pública", conclui..

1 visualização

067996110911

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram Social Icon

©2018 by Flavia Andrade